A Polícia Civil investiga um crime de homicídio ocorrido provavelmente na madrugada desta sexta-feira, 16/06, contra um travesti de 35 anos morador de Caraguatatuba. O corpo da vítima foi localizado enrolado num lençol próximo de um penhasco conhecido como “Buraco da Onça” na estrada do Pouso Alto.

 

 

Segundo Repórter Online Litoral apurou, o travesti pode ter sido atraído para um programa onde foi morto e depois o corpo foi trazido para o penhasco onde foi jogado. O local já é conhecido da polícia. “Buraco da Onça”, com é chamado tem 30 metros de altura na Mata Atlântica. Há registros de outras pessoas que foram mortas e jogadas para não ter seus corpos localizados, e assim dificultando o trabalho da polícia. Segundo Informou o IML, a vítima também teve o pescoço quase separado do corpo por lesão com faca. Uma tatuagem de uma flor que pega uma parte da perna direta pode ajudar identificar a travesti. A morte da travesti ainda é desconhecida e a Polícia Civil de Caraguá segue investigando. O corpo está no IML da cidade por não ter nenhuma identificação.

Outro crime

No feriado de Corpus Christi um homem foi executado no bairro do Tinga em plena luz do dia. Ele morreu no local depois de ser atingido por três tiros no ombro, cabeça e tórax. A vítima já tinha passagem por tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *