Em reunião da Região Metropolitana do Vale e Litoral (RMVale) realizada nesta quarta-feira (06/06) na cidade de São José dos Campos, o prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, solicitou ao Comando da Polícia Militar do Vale do Paraíba e Litoral Norte a criação de uma base da PM na Região Sul e o aumento do efetivo policial na cidade. O pedido foi feito oficialmente para a comandante da PM na região, Coronel Eliane Nikoluk.

“Há anos que não temos aumento de efetivo na cidade, mesmo com o aumento da população. Além disso, reiteramos o pedido de instalação de uma base da PM na Região Sul da cidade. Somente com a parceria podemos diminuir a criminalidade e por isso conto com a sensibilidade do Estado. Parabenizo a Coronel Nikoluk, o Comando da PM no Litoral e os policiais. São verdadeiros heróis, mas que dependem de estrutura. Está na hora de o Estado olhar diferente para Caraguatatuba”, disse o prefeito.

Ele informou também que está em licitação a reforma da Delegacia do Porto Novo, a cessão de estagiários para ajudar no atendimento às polícias e ações em parceria com o Conselho Tutelar.

“Não vamos nos furtar em discutir o assunto e tomar medidas em conjunto. A segurança é um problema de todos e vamos investir no setor”, ressalta Aguilar Junior.

Aumento da Atividade Delegada

Embora a segurança pública seja de responsabilidade do Estado, a Prefeitura de Caraguatatuba anuncia mais uma série de investimentos no setor.

O primeiro deles é o aumento de policiais no Programa Atividade Delegada, onde o profissional trabalha em seu horário de folga, mas custeado pela Prefeitura.

Serão mais 12 policiais trabalhando diariamente, se juntando aos outros 36 já pagos pela Prefeitura de Caraguatatuba. Os 48 policiais trabalharão a pé e com viaturas. O investimento chega a R$ 700 mil somente com a Atividade Delegada.

Mais câmeras

Além disso, a administração também abriu licitação para compra de mais de 50 câmeras de monitoramento para ajudar na segurança da cidade. O termo de referência e o levantamento de preços já foram concluídos dentro do certame licitatório.

O objetivo da Secretaria de Trânsito, Segurança e Defesa Civil, responsável pelo processo, é adquirir câmeras que podem ter o seu posicionamento controlado à distância PTZ (Pan/Tilt/Zoom), também conhecidas como “speed dome” e outras do tipo OCR, com capacidade para identificar letras, fisionomias e características veiculares.

Segundo o prefeito Aguilar Junior, os locais onde serão instaladas as novas câmeras serão acordados com a Polícia Militar, conforme os índices de criminalidade.

Atualmente a cidade conta com 17 câmeras no perímetro central, entre o entreposto do Camaroeiro até o trevo do bairro Poiares.

COI

Outra ação da Prefeitura para melhorar a segurança na cidade é a construção do Centro de Operações Integradas (COI), que vai gerenciar o monitoramento de toda a cidade e repassar informações em tempo real às autoridades policiais.

O projeto do COI está sendo elaborado e finalizado pela Secretaria de Urbanismo, de forma a preparar a atual Central de Monitoramento para receber os novos monitores.

Será pelo COI que policiais militares terão acesso em tempo real aos casos de ocorrências de crimes na cidade. Os profissionais de plantão acionam as viaturas e se deslocam imediatamente para os locais.

Iluminação

Importante arma contra a criminalidade, a Prefeitura de Caraguatatuba, através da empresa Caraguá Luz, também vai aumentar o seu Parque Luminotécnico.

O cronograma prevê ainda, somente nos meses de junho e julho, mais 6 mil luminárias, melhorando a quantidade de luz e a segurança nos bairros. A expectativa é que até setembro deste ano se tenha 20 mil luminárias LED na cidade.

Entre janeiro de 2017 a maio de 2018 foram instaladas 10.694 luminárias LED em 1.694 pontos de luz da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *