A ampliação na oferta de vagas e a   inclusão de novas modalidades no atendimento das escolinhas esportivas será uma das grandes prioridades do esporte para 2019.  A expectativa é de que seja triplicado o número de atendimentos saindo dos atuais 3 mil para 15 mil pessoas atendidas.

“O plano para 2019 é ampliar o número de atendimentos, levando as atividades esportivas além da região central e da Topolândia. A intenção é chegar às regiões onde, até então, a secretaria de esportes não atuava tão efetivamente”, explicou a chefe de divisão de formação esportiva Marcela Cury.

Marcela enfatiza que deverão ser incluídas escolinhas de skate, surfe, jiu jitsu, muay thai, zumba, treinamento funcional, canoa havaian, BMX, futebol, malha, bocha, entre outras modalidades

Relotação 

Em atendimento a uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo a Prefeitura de São Sebastião irá relotar um grupo de professores de Educação Física – concursados pela Secretaria Municipal de Educação – e que atuam na Secretaria Municipal de Esportes.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação atualmente o quadro de profissionais de Educação Física no organograma da pasta é deficitário havendo a necessidade de a solicitação dos professores que originalmente são da Secretaria de Educação, mas, que por estarem relotados na Secretaria de Esportes dificultam  a atribuição destas aulas.

Ainda segundo a Seduc, a disciplina Educação Física atualmente integra a grade de praticamente todas as idades da Educação Infantil  ao Ensino Fundamental II.

“Vamos fazer esta relotação porque temos esta necessidade. O tribunal não entende porque anualmente precisamos fazer processos seletivos para a contratação destes profissionais se, originalmente, temos estes servidores no quadro efetivo da Prefeitura”, explicou o secretário de Educação Fábio Aranha.

Esporte  

De acordo com o diretor do Departamento de Esportes Nelsino Silva o retorno dos professores para a Secretaria de Educação não irá afetar os planos da ampliação no número de atendimentos das escolinhas esportivas de base.

“Vamos contratar novos profissionais e entidades esportivas do município que já realizam projetos socioesportivos por muitos anos na cidade e não tinham o apoio efetivo do poder público. Estas contratações serão feitas por meio de um termo de fomento e recursos do Fundo de Incentivo ao Esporte (FIE)”, explicou.

Silva fez questão de frisar os avanços da Seesp nos últimos meses e toda a economia gerada. “Estamos trabalhando muito para garantir um atendimento esportivo de qualidade para a nossa população. Nos últimos meses, procuramos reorganizar, reestruturar e dar uma atenção especial aos gastos excessivos com a folha de pagamento e principalmente com as horas extras. Só neste quesito garantimos uma economia de mais de R$ 700 mil”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *