Estelionatários, duas mulheres e uma home eram da cidade Ribeirão Preto e vieram para Caraguatatuba para praticar o golpe; vítima é morador da cidade de Bauru.

A Polícia Militar de Caraguatatuba atendeu uma ocorrência nesta sexta-feira (10/05), de estelionato, documento falso e associação criminosa, contra duas mulheres e um homem, moradores na cidade Ribeirão Preto.

Segundo informou a polícia, a vítima seria um aposentado morador na cidade de Bauru e o golpe seria para sacar R$ 34 mil reais de sua conta no Banco do Brasil onde é depositado o seu benefício do INSS.

Os golpistas chegaram na tarde desta quinta-feira, no cartório de registros da cidade localizado no bairro Ponte Seca, afim de validar os documentos em nome da vítima e uma procuração para realizar o saque. Durante o procedimento os funcionários do cartório desconfiaram do trio, entre eles uma advogada que ajudava no golpe.

Após descobrir os verdadeiros nomes dos acusados e saber que a vítima era morador de Bauru, uma ligação foi realizada para a Polícia Militar enquanto o funcionário realizava o procedimento. Com a chegada dos polícias, os acusados foram presos e a vítima veio até Caraguatatuba, afim de prestar depoimento e fazer o boletim de ocorrência.

As duas mulheres, sendo uma delas advogada e um homem, foram autuados por uso de documento falso, associação criminosa, falsa identidade e estelionato. As duas mulheres foram levadas para Cadeia de Ubatuba e o homem está preso no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caraguatatuba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *