A mulher seria irmã de um detento e tinha escondido a droga na vagina para entrar no CDP

Uma mulher de 23 anos, foi flagrada na manhã do último sábado (08), durante visita ao CDP (Centro de Detenção Provisória) “Dr. Jose Eduardo Mariz de Oliveira” dentando entrar durante visita com 100 gramas de maconha e 13 gramas de cocaína.

Segundo informou a SAP-Secretaria da Administração Penitenciaria, a mulher pretendia entregar 113 gramas de entorpecentes a seu irmão, recluso na unidade prisional.

Durante uma revista com ajuda do escaneamento corporal, por volta das 10h30, os agentes identificaram um objeto estranho na região pélvica da suspeita. A mulher assim que ficou sabendo que tinha sido flagrada, pediu para ir ao banheiro, uma agente acompanhou acusada. Lá espontaneamente, retirou o invólucro com 100 gramas de maconha e 13 gramas de cocaína da vagina.

O caso foi registrado no 1°DP do Porto Novo e a mulher teve a carteirinha apreendida e seu nome suspenso do rol de visitas da SAP. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar Apuratório

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *