Disputa em Ubatuba segue neste sábado e tem finais domingo 

O ubatubense Diego Aguiar e o catarinense Léo Casal protagonizaram as melhores performances no primeiro dia da 2ª etapa do Hang Loose Surf Attack, nesta sexta-feira (19), na Praia de Perequê-Açu, em Ubatuba. Didi, que é de Ubatuba, garantiu a maior média do dia, com 15,85 pontos, de 20 possíveis, somando notas 8 e 7,85, enquanto que Léo fez 13,75, tirando um 7,5.

A competição estava marcada para a Praia de Itamambuca, mas foi transferida para o novo “palco” por questão de segurança e a decisão foi aprovada pelos atletas. “Perequê é uma praia que não costumo surfar, mas sempre que está storm a gente cai aqui, porque é um pico mais protegido e sempre tem uma valinha boa. Estou amarradão de competir em casa e estou me sentindo muito bem. Foi bem legal ter a maior média. Consegui fazer o meu surf, o que estou treinando e feliz em fazer o que gosto”, afirmou Didi, que disputa os títulos da mirim (sub16) e júnior (sub18).

Também na briga nas duas categorias, Léo Casal ficou surpreso com a qualidade das ondas na praia. “Cheguei só ontem à noite, nem surfei antes do campeonato e hoje já fui logo para a bateria. Foi uma boa escolha da organização e está bem legal o evento, como sempre. Fiz um resultado bom na etapa inicial para somar e quero tentar outra boa colocação”, afirma o surfista que este ano ganhou o Pro Júnior no Chile, venceu a sub16 e foi segundo na sub18 na abertura do Brasileiro, em Itacaré, na Bahia.

O primeiro dia de disputas no Hang Loose Surf Attack ficou reservado para a júnior e mirim. Além de Didi e Léo, destaques para Gustavo Giovanardi, de Praia Grande, também com uma nota 8, maior do evento até o momento, e Luan Hanada, de Guarujá, com 7,5. Outro catarinense, Heitor Mueller, campeão iniciante (sub14) em 2018, marcou 13 pontos, a terceira maior média até agora. Vale destacar também a participação do campeão equatoriano Bruce Burgos, que passa um tempo no Brasil para competir e nesta sexta-feira avançou na mirim.

Neste sábado, a competição segue novamente com a júnior e mirim e a estreia da feminina, iniciante, estreante (sub12) e petit (sub10). As disputas terminam domingo (21), com as finais das 12h20 às 14h. Todas as baterias têm transmissão ao vivo pela internet, no site da Federação Paulista de Surf, owww.fpsurf.com.br. Fora do mar os atletas contam com várias atrações nas tendas da Hang Loose, com brincadeiras, jogos, gincanas e interatividade.

O Hang Loose Surf Attack 2019 tem os patrocínios de Sthill, Super Tubes, Surf Trip, Kyw, Overboard Action Sports Store, Hot Water, Rhyno Foam e CT Wax. Apoios da Prefeitura Municipal de Ubatuba, Associação Ubatuba de Surf (AUS), Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, com divulgação de Waves e FMA Notícias. Organização da Federação Paulista de Surf.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *