1. Morador do Casa Branca está isolado na UPA há dois dias aguardando resultado do exame

Um morador do Casa Branca de 30 anos está deste domingo (25), no isolamento da UPA com suspeita de Sarampo. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Caraguatatuba, confirmou a informação e contou que já foi realizado a coleta de sangue que agora vai para exames.

A média é de 20 dias para obter o resultado. A demora se dá porque Caraguá ainda não tem registro de casos, por isso não é prioridade. A ação de bloqueio é feita em caso de suspeita.

Segundo o que o Repórter Online Litoral apurou, a esposa do morador já foi imunizada e ainda hoje uma equipe da Vigilância Epidemiológica de Caraguatatuba vai imunizar os funcionários onde o morador trabalha no bairro do Indaiá. Caraguatatuba tem 5 notificações. Duas delas negativas e três em investigação.

O secretário de saúde, Amauri Toledo vai se reunir nesta terça-feira, com o prefeito Aguilar Junior para tratar de uma ação de chamamento da população para se vacinar contra o Sarampo. No litoral norte a única cidade que confirmou 1° caso de sarampo foi a cidade de Ilhabela.

O que é sarampo?

Segundo o Ministério da Saúde, o sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade da doença, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. Em algumas partes do mundo, a doença é uma das principais causas de morbimortalidade entre crianças menores de cinco anos de idade.Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo, em Roraima e Amazonas. Além disso, alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados em São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia e Rio de Janeiro.

Contágio

A Secretaria de Saúde de Caraguatatuba alerta que o contágio do sarampo é feito por via respiratória, o que aumenta ainda mais a importância da prevenção pois trata-se de doença com alto índice de contaminação. Cada paciente contaminado pode transmitir a doença para até outras 20 pessoas sadias.

 Sintomas

– Febre alta, acima de 38,5°C;

– Dor de cabeça;

– Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo

– Tosse;

– Coriza;

– Conjuntivite;

– Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal conhecida como sinal de koplik, que antecede de 1 a 2 dias antes do aparecimento das manchas vermelhas

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *