Policiais Militares da CIAMAR, a Companhia de Policiamento Ambiental Marítimo do 3° Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo, durante patrulhamento por toda orla do município de Caraguatatuba no último Sábado (31), localizaram redes irregulares em pontos distintos.

A primeira rede de pesca, com 50 metros de comprimento, do tipo emalhe armada na superfície (boiada), foi constatada pela praia do Indaiá, onde um homem estava retirando o petrecho da água, sendo que após vistoria, foi identificada a falta de licença de pescador profissional, resultando na apreensão do petrecho e elaborado advertência em desfavor do infrator.

Em seguida, na orla da praia do Porto Novo, outras duas redes com as mesmas características, porém uma com 50 e outra com 40 metros de comprimento, foram localizadas, armadas em profundidade incompatível com a altura dos petrechos, sem plaquetas de identificação, ou pescador nas proximidades, contrariando a legislação vigente, não sendo possível identificar os responsáveis, realizando imediatamente a recolha e apreensão do material. Diversas espécies da fauna ictiológica enroscados nos petrechos, ainda vivos, foram devolvidos ao mar.

vídeo: CIAMAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *