A Câmara Municipal de Caraguatatuba realizou a 27ª sessão ordinária do ano na noite desta terça-feira. O projeto de lei 043/19, que autoriza o Poder Executivo Municipal a contratar operação de crédito com a Caixa Econômica – CEF, e dá outras providências, foi retirado por decisão judicial.  Por se tratar da única matéria da pauta, a sessão foi logo encerrada.

Decisão judicial 

O juiz da 2ª vara cível de Caraguatatuba, João Mário Estevam da Silva, expediu uma liminar retirando o projeto de votação do financiamento da pauta da sessão da Câmara Municipal. A Prefeitura de Caraguatatuba e a Câmara tem um prazo de 30 dias para se manifestar.

O presidente do legislativo, Carlinhos da Farmácia, fez a leitura iniciou e declarou encerrada a sessão menos de cinco minutos depois.

Momentos antes, dois homens chegaram as vias de fato dentro da Câmara. Do lado de fora do prédio do legislativo também houve relatos de confusão.

Fonte: AOrla

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *