A Prefeitura de Caraguatatuba realizou na noite desta quarta-feira (01/04) testes rápidos em cinco pacientes adultos que estão internados na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), além de uma criança que está na UTI Neonatal da Casa de Saúde Stella Maris.

O resultado testou positivo para um dos pacientes, um idoso de 62 anos, que está entubado na UTI. Independentemente do resultado positivo, assim como os outros cinco resultados que testaram negativo, a Prefeitura também aguardará a contraprova do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo.

Segundo a Secretaria de Saúde, “o teste rápido é indicado apenas entre o sétimo e décimo dia do início dos sintomas, como febre e tosse. Isso quer dizer que, mesmo os negativos, estes podem vir a ser positivos, pois o teste não consegue diagnosticar o início da doença, sendo que ele mede o anticorpo”.

A Prefeitura de Caraguatatuba informa que esses foram os primeiros seis testes realizados na cidade e adquiridos de um fornecedor para aplicar nos casos graves, assim como determina as normas do Ministério da Saúde.

A expectativa é de que 5 mil testes rápidos cheguem na cidade até o final de semana e esses serão aplicados em casos considerados mais graves, de acordo com orientações do Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *