Principais ocorrências da Defesa Civil de Caraguatatuba em dezembro são os escorregamentos de terra

Balanço da Defesa Civil de Caraguatatuba mostra que no mês de dezembro de 2021 o maior número de ocorrências atendidas foi dos escorregamentos de terra. Isso em função da forte chuva que caiu no penúltimo dia do ano, ocasionado a remoção de famílias das áreas atingidas.

Foram oito famílias desalojadas, sendo sete no bairro Sumaré e uma na Casa Branca. Em relação aos deslizamentos/escorregamentos, a Defesa Civil identificou cinco em áreas particulares nos bairros Sumaré, Estrela D’Alva, Benfica, Casa Branca e Jardim Forest e sete em áreas públicas, que atingiram os bairros Benfica, Martim de Sá, Sumaré, Jardim Forest, Estrela D’Alva, Casa Branca e Cidade Jardim.

Os agentes da Defesa Civil ainda realizaram 16 vistorias em residências em dois dias de dezembro. Essa situação deixou o município em estado de alerta, situação que perdura até o momento devido ao período chuvoso.

Com base no balanço de dezembro, no total, foram 90 ocorrências diversas durante todo o mês, sendo contabilizadas, no período, cinco quedas de árvore em residência e mais cinco em via pública, além de duas vistorias de árvore em perigo de queda iminente em área particular e uma em área pública.

As ocorrências envolvendo capturas de abelhas, marimbondos e vespas somaram 29, enquanto registros atendidos por meio do aplicativo 156 chegaram a 10. Houve também um apoio às equipes da Secretaria de Serviços Públicos, além de uma ocorrência de rotina.

Importante destacar que desde o dia 1º de dezembro de 2021 a 31 de março de 2022 Caraguatatuba está sob vigência do Plano Preventivo da Defesa Civil (PPDC) e do Plano Preventivo da Defesa Civil para Ressacas (PPDC-R).

Eles têm por objetivo evitar ocorrências de mortes, com a remoção preventiva e temporária da população que ocupa as áreas de risco, antes que os escorregamentos e ressacas atinjam suas moradias.

É importante destacar que durante o PPDC e o PPDC-R a estrutura da Prefeitura de Caraguatatuba fica toda mobilizada.

Ações de mensagens de texto (SMS), enviadas pelo número 40199, que repassa informações de riscos meteorológicos em qualquer um dos 645 municípios paulistas continuam valendo. Para isso, deve-se cadastrar o CEP da localidade de onde quer receber o serviço.

Deixe um comentário