A partir de quinta, 18 de julho, Zona Azul não estará funcionando em Caraguatatuba

A partir das 18h de quarta-feira (17/07), a  Zona Azul de Caraguatatuba deixará de funcionar, isto significa que o sistema de estacionamento rotativo eletrônico não será cobrado e nem fiscalizado.

A decisão foi tomada pela atual administração municipal em obediência à notificação do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), que julgou irregular o processo de licitação e o contrato com a empresa realizado em 2013.

Segundo o TCE-SP, à época, a Prefeitura deixou de justificar a falta de critérios de reajuste e revisão do valor da tarifa que impediu a participação de empresas em consórcio, sem explicações técnicas que justificassem a vedação e possível restrição da visita técnica e da exigência de qualificação técnica mediante prova de execução dos serviços.

O contrato foi de aproximadamente R$ 22,8 milhões por sete anos e as irregularidades foram apuradas com base em representação feita por empresas que disputaram o certame licitatório.

O julgamento pelo TCE-SP foi realizado em julho do ano passado, mas a Prefeitura de Caraguatatuba só foi notificada, via publicação, no mês passado.

A empresa teve o prazo de 30 dias para recolher os equipamentos e proceder as rescisões trabalhistas com seus funcionários.

Próximo Passo

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, já está elaborando uma nova licitação para o Estacionamento Rotativo pois pesquisas mostram a sua necessidade.

A análise preliminar indica que desta vez o estacionamento rotativo terá um perímetro menor do que existe atualmente, bem como a cobrança apenas em dias úteis. Também deve-se respeitar a lei federal e a cobrança  será fracionada em períodos de 15 minutos.

A vontade da atual administração é que seja isento o pagamento das vagas especiais e a possibilidade está sendo estudada juridicamente.

Os usuários que possuírem créditos para o estacionamento rotativo, adquiridos pelo aplicativo da empresa, poderão solicitar reembolso ligando para o callcenter da Serttel (12) 2101-0641.

Deixe uma resposta