Campanha contra sarampo: São Sebastião realiza força-tarefa para ampliar vacinação

O Ministério da Saúde tem alertado a população quanto à importância da vacinação contra o sarampo, por ser uma doença grave, de alta transmissibilidade, em circulação no Brasil e com uma grande quantidade de pessoas não imunizadas.

Para se ter uma ideia, uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para até outras 18 pessoas, seja ao tossir, espirrar, falar ou respirar, sem a necessidade de contato direto, visto que esse vírus pode se disseminar pelo ar a poucos metros de distância da pessoa infectada.

Para proteger a população contra o sarampo, o Estado de São Paulo estendeu o prazo de vacinação para pessoas de 30 a 49 anos até o dia 31 de outubro. Em São Sebastião, a vacina está disponível em todas as unidades de saúde do município.

Com o objetivo de ampliar a imunização da população sebastianense, a Secretaria de Saúde (SESAU) foi além das suas Unidades de Saúde da Família (USF) – onde realizam regularmente a vacinação – e deu início hoje a uma força-tarefa para vacinar as pessoas de 30 a 49 anos na Região Central.

Foi montada uma estrutura no prédio da SESAU e profissionais da saúde abordavam os munícipes dentro da faixa etária da campanha, que estavam na fila da Caixa Econômica Federal, para que fossem imunizados contra o sarampo. Somente no período da manhã, com essa ação, mais de 40 pessoas foram vacinadas.

O intuito é permanecer com a ação nos dias de maior fluxo de pessoas nessa região. A meta, até o final da campanha, é vacinar 23.693 pessoas de 30 a 49 anos – até o dia 31 de agosto a cobertura vacinal foi de 4,90%, apenas 1.161 foram vacinadas.

Deixe uma resposta