Caraguatatuba prepara ação emergencial para atender pessoas em situação de rua durante forte frente fria

Devido à previsão de queda brusca de temperatura para os próximos dias, a Prefeitura de Caraguatatuba preparou uma ação emergencial de 10 dias para acolher provisoriamente a população adulta em situação de rua em um abrigo da cidade.

A ação conjunta com diversas secretarias, Fundo Social e a Polícia Militar inicia nesta quarta-feira (28), com abordagem social e oferta de abrigo provisório a fim de garantir a segurança da saúde deste público neste momento de baixa temperatura.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, responsável pela articulação da força-tarefa, é previsto o atendimento de pelo menos 50 pessoas. A abordagem seguirá para os principais locais em que esta população é encontrada.

O principal ponto da ação é o convencimento das pessoas que na maioria das vezes se nega a ir para qualquer tipo de abrigo. “Temos os assistentes sociais, especializados nesta abordagem que vão ter que convencer estas pessoas em situação de rua que neste momento é muito importante que aceitem essa acolhida e possam se proteger do frio, que será muito severo”, explicou Ângela Sbruzzi, secretária da SEDESC.

O abrigo contará com equipe médica, realização de teste rápido e vacinação da Covid-19, aferição de pressão e temperatura, encaminhamentos para rede pública, se necessário, e acolhimento dos animais dos usuários pela equipe do Centro de Controle de Zoonoses.

O Fundo Social doará vestuário, roupas de cama e banho e higiene pessoal. Os abrigados terão atividades esportivas, culturais e palestras sobre diversos temas. O objetivo é que eles fiquem estes 10 dias no local, até que a frente fria acabe.

Ângela destaca também que com esta ação, a equipe técnica poderá conhecer os moradores e dar andamento a diversos serviços, como retorno à cidade de origem, confecção de documentos, contato com os familiares para fortalecimento dos vínculos afetivos, entre outros serviços que forem necessários.

Massa de ar polar derruba temperaturas

Institutos de meteorologia, Marinha do Brasil e Defesa Civil do Estado alertam para chegada de uma massa de ar polar, entre quinta-feira (29) e domingo (1º) que vai derrubar as temperaturas na região, com a mínima ficando abaixo de 7 graus. No Vale do Paraíba, a mínima deve ser de 1 grau na quinta-feira, com condições de geada. Esta virada no tempo é apontada como a mais intensa desse ano e pode ser prejudicial para a população mais vulnerável e para a agricultura.

Há aviso de mar grosso com ondas que podem variar de 3 a 5 metros de altura. De acordo com o Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), a passagem de um sistema frontal poderá provocar ventos de direção Oeste a Sudeste, com intensidade de até 75 km/h (40 nós), na faixa litorânea entre os estados de Santa Catarina, ao norte de Laguna, do Paraná, de São Paulo e do Rio de Janeiro, ao sul de Arraial do Cabo, entre a tarde desta terça-feira (27) e a noite de quinta-feira (29).

Os ventos associados a esse sistema meteorológico poderão, ainda, provocar agitação marítima com ondas de direção Sudoeste a Sudoeste, com até 5 metros de altura, em alto-mar, entre Santa Catarina e Rio de Janeiro, de hoje à tarde à noite do dia 30 de julho.

Há previsão de condições favoráveis à ocorrência de ressaca, com ondas de até 3,5 metros de altura nessa faixa entre a madrugada do dia 28 e a manhã do dia 30 de julho.

Este alerta é muito importante aos navegantes das comunidades de pesca e esporte e recreio, que devem consultar essas informações antes de saírem ao mar. Esses avisos podem ser consultados no endereço eletrônico  https://www.marinha.mil.br/chm/dados-do-smm-avisos-de-mau-tempo/avisos-de-mau-tempo.

Deixe um comentário