Casos de síndrome gripal crescem 22% em Caraguatatuba e vacinação contra gripe segue aberta para população

A Prefeitura de Caraguatatuba registrou entre os meses de maio e junho deste ano aumento de 22% nos casos de pessoas com síndrome gripal em comparação ao ano passado.

Apenas em dois meses foram 16.080 casos; em 2021 no mesmo período foram 13.148 atendimentos realizados pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro, onde há maior fluxo de pessoas.

O mês de junho deste ano foi o que mais registrou aumento com 8.402 casos e 5.824 em 2021, quase 45% de crescimento.

O secretário de Saúde, Gustavo Boher faz um alerta com a chegada do inverno, que além do frio, o clima de ar seco propicia o aumento de doenças respiratórias.

“A atenção vai para evolução das síndromes respiratórias para síndromes respiratórias agudas graves, como falta de ar ou dificuldade para respirar, sensação de pressão no peito, baixa na saturação de oxigênio, resultando em doenças como pneumonia, bronquite, entre outras”, explica o secretário.

No frio a tendência é as pessoas ficarem mais tempo em ambientes fechados favorecendo a transmissão do vírus. Por isso, é importante a imunização contra gripe que está aberta para toda população acima de seis meses de idade.

A vacinação ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), exceto da Tabatinga, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É necessário levar documento com foto e a Carteira de Vacinação.

Confira o endereço das unidades de saúde: https://tinyurl.com/mrxe47b2.

Deixe um comentário