CBH-LN realiza live sobre o uso da água e lança EAD em Educação Ambiental

O Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte (CBH-LN) e o FunBEA – Fundo Brasileiro de Educação Ambiental, responsável pelo Programa de Comunicação Social do comitê, realizam no dia 8 de julho, quarta-feira, às 10h uma live com o tema Água como um Bem Comum – O que estamos fazendo? A transmissão será pelas redes sociais das instituições Facebook.com/@cbhln e Youtube FunBEA: encurtador.com.br/ovCIR

O encontro visa divulgar as ações do comitê e levantar questões quanto à gestão dos recursos hídricos com abordagens nas perspectivas federal, estadual e municipal e fazer o lançamento da Formação EAD ‘Cuidadores das Águas: Educação Ambiental e Gestão dos Recursos Hídricos no Litoral Norte de São Paulo’. A formação é uma realização do comitê por meio do FunBEA, em parceria com a Universidade Federal de São Carlos (Ufscar).

Estão confirmadas as participações de Luis Mello, representando a Agência Nacional das Águas (ANA); Renata Maranhão cancelou sua presença por motivos de saúde. Iara Jacomini representará a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) e Denise Formaggia, pelo CBH-LN.  A mediação será de Pedro Rego, vice-presidente e coordenador da CT-EA (Câmara Técnica de Educação Ambiental) do comitê. O encontro virtual conta também com a participação de Semíramis Biasoli, secretária geral do FunBEA, que fará o lançamento da Formação EAD Educação Ambiental e Gestão dos Recursos Hídricos.

“Esse encontro é de extrema importância para empoderar a sociedade para que conheçam as questões hídricas da região e o CBHLN é o espaço onde juntos, poderes estadual e municipal e a sociedade organizada, fazemos a gestão das águas no litoral norte”, aponta Pedro Rego, vice-presidente do CBH-LN.  Dentro ainda dessa valorização do comitê enquanto lugar de discussão e gestão das águas na região, Formaggia apresentará uma linha do tempo sobre as realizações em mais de duas décadas do CBH. “Temos grandes problemas na área de saneamento que afetam a qualidade de vida no litoral norte, e dentro desse foco temos muitas conquistas como os planos de bacias, fóruns de educação ambiental regional, acompanhamento dos grandes empreendimentos impactantes da região”, conta Formaggia. Na visão de Giacomini, é bem complexa a gestão das águas. “É elemento vital, renovável e fugidivo, também possui características de bem público, privado e de uso comum”, aponta.  Luis Mello trará informações as ações de educação e capacitação que a ANA desenvolve. “´Procuramos propiciar a participação dos diversos setores da sociedade na gestão da água, vamos falar desse processo desde 2003, dos impactos que já observamos na gestão e dos desafios que temos hoje”.

Conheça os participantes – Gustavo Miranda Mello é oceanógrafo,  especialista em recursos hídricos da ANA desde 2003, trabalha com capacitação e fomento à pesquisa para a gestão da água. Foi gerente de capacitação para o SINGREH por 6 anos. Desde 2014 trabalha também com processos participativos nos comitês de bacia, com foco na elaboração participativa dos planos de recursos hídricos.

Iara Bueno Giacomini é oceanógrafa e mestre em limnologia. Atua na Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente desde 2009, passando pela coordenadoria de recursos hídricos, pela coordenadoria de fiscalização ambiental e pela secretaria executiva do CBH-LN. Atualmente exerce a função de diretora do departamento de planejamento e gestão de recursos hídricos do estado de SP.

Denise Formaggia é engenheira civil, com especialização em engenharia sanitária industrial e de saúde pública. Ingressou na Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo como diretora da divisão de saneamento do centro de vigilância sanitária até 1995. Foi diretora do serviço de vigilância sanitária e diretora do núcleo regional de saúde de Caraguatatuba. Aposentou-se em 2011. Foi coordenadora da CT de Saneamento em várias oportunidades até 2016.

Pedro Fernando Rego é vice-presidente e coordenador da CT (Câmara Técnica) de Educação Ambiental do CBH-LN (Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte), presidente do Instituto Educa Brasil e conselheiro do PESM NSS e NUCAR. É biólogo, gestor e educador ambiental.

Semíramis Biasoli é doutora em ciências, com ênfase em políticas públicas de educação ambiental, graduada em Ciências jurídicas, pós-graduada em gestão ambiental. Membro da Rede Paulista de Educação Ambiental (REPEA) e pesquisadora junto a ao Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA). Trabalhou junto ao departamento de educação ambiental do Ministério do Meio Ambiente. É secretária geral do FunBEA – Fundo Brasileiro de Educação Ambiental desde 2012.

Sobre a Formação EAD ‘Cuidadores das Águas’ – A formação é gratuita, com 40 horas EAD e 20 horas de tempo comunidade. O curso tem início em 13 de agosto e as inscrições estão abertas a partir de 8 de julho. Serão disponibilizadas 90 vagas. O objetivo é ampliar o conhecimento da missão e ações, fomentando a participação da sociedade junto ao comitê, por meio da comunicação social e educação ambiental. O público alvo são os membros e participantes das câmaras técnicas do CBH-LN, gestores das prefeituras e órgãos públicos, educadores da rede de ensino, lideranças locais, representantes de instituições, associações e movimentos socioambientais do litoral norte.

Deixe uma resposta