Centro de Oncologia do HR começa a funcionar em setembro

Após anos de cobranças feitas pelo prefeito Aguilar Junior, o Litoral Norte comemora mais uma conquista: o funcionamento da ala de oncologia do Hospital Regional.

A Imprensa Oficial do Governo do Estado publicou esta semana o contrato de aditamento com a empresa Socrátes Guanaes, que administra o Hospital Regional de Caraguatatuba que passa a ser responsável também pelo Centro de Oncologia, com início das atividades previsto para setembro.

“É um serviço muito esperado pelos moradores de Caraguatatuba e do Litoral Norte, que são obrigados a fazer tratamento em cidades distantes, estando tão debilitados para isso”, disse Aguilar Junior.

A publicação define “a operacionalização da gestão e execução das atividades e serviços de saúde, no período de junho a dezembro e início das atividades na área de Oncologia a partir de setembro de 2021 no HOSPITAL REGIONAL DO LITORAL NORTE, em conformidade com os Anexos Técnicos que integram este instrumento”.

São apresentadas também as atividades contratadas, de junho a dezembro, sendo 438 saídas hospitalares em clínica médica, 1.150 atendimentos ambulatoriais médicos, 780 atendimentos ambulatoriais não médicos e 2.397 exames.

O valor a ser investido nesse período é de R$ 37.349.430,00, a ser pago em sete parcelas.

“Sabemos que o funcionamento depende da diminuição dos casos de Covid na cidade, para que o Hospital possa dedicar mais verba e pessoal para isso. Por isso estou empenhando na vacinação da cidade, pois o controle da Covid vai trazer inúmeros benefícios e um deles é o funcionamento total do Centro de Oncologia”, concluiu o prefeito.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Caraguatatuba, os pacientes que precisam fazer os exames de oncologia têm como referência o Hospital São Francisco de Assis, em Jacareí. Um público menor de munícipes conseguem atendimento em cidades mais longes como, por exemplo, Barretos, que fica a 800km de distância de Caraguatatuba.

Cerca de 70 pacientes da cidade são encaminhados para outros municípios do Vale do Paraíba e Estado de São Paulo, como Taubaté, Campinas, Guaratinguetá e a própria capital.

Apoio municipal

Enquanto aguarda a entrega da Unidade de Oncologia, a  Secretaria da Saúde de Caraguatatuba conta com um atendimento humanizado para pacientes oncológicos. A equipe do Setor de Oncologia visa priorizar o bem-estar do paciente e de seus familiares diante de um momento de tamanha fragilidade física e emocional.

Por mês, são realizados cerca de 500 atendimentos na área da enfermagem250 atendimentos médicos e 200 pacientes recebem assistência social. A área da psicologia acolhe cerca de 20 pessoas e o número de atendidos pela fisioterapia ultrapassa os 40.

Para os pacientes que necessitam, além do atendimento humanizado, a prefeitura também oferece a suplementação alimentar, que são formas de ajudar a melhorar segurança alimentar e nutricional do paciente. Esse atendimento combate a desnutrição e insere na dieta aquilo que o paciente necessita.

O Setor de Oncologia é composto por uma equipe disciplinar formada por médico, enfermeira, nutricionista, psicóloga, fisioterapeuta e assistente social, que atendem o paciente na sua integralidade.

A Prefeitura de Caraguatatuba aguarda a inauguração para saber como será o atendimento voltado ao município.

Deixe uma resposta