Doria acata recomendação do MPSP e suspende reuniões religiosas e futebol

Fase emergencial contra pandemia entra em vigor no dia 15

O governador João Doria acatou a recomendação do procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, e suspendeu atividades esportivas, como jogos de futebol, e reuniões de caráter religioso no Estado de São Paulo, decretando a implementação, entre 15 de 30 de março, da fase emergencial, mais restritiva ainda do que a fase vermelha do Plano São Paulo.

Na recomendação, assinada no dia 9 de março, Sarrubbo destacou os diplomas legais e os acórdãos do Supremo Tribunal Federal que fundamentaram a sua decisão, assim como enfatizou que “o recrudescimento da situação causada pela covid-19, com o aumento do número diário de pessoas infectadas, de internações e de mortes”.

No começo da semana, os médicos que integram o gabinete de crise instituído pela PGJ para orientar os promotores e procuradores de Justiça no enfrentamento à pandemia apontaram a taxa de ocupação dos leitos de UTI e o maior índice de transmissibilidade das novas cepas do coronavírus como fatores críticos neste momento da crise sanitária.

 

Deixe uma resposta