Fanfarra Famcal abre inscrições para novos integrantes

A Fanfarra Municipal Comunidade Alaor (Famcal), em parceria com a Prefeitura de Caraguatatuba, está com inscrições abertas para novos integrantes. As vagas são limitadas e o candidato não precisa ter experiência com instrumentos ou frequentar a escola EMEF Prof. Alaor Xavier Junqueira, sede da banda. Não há idade mínima para participar, a única exigência é estudar em escola da rede municipal de ensino e ser alfabetizado. As inscrições podem ser realizadas de segunda, quarta e sexta, das 19h às 21h e sábados, das 13h às 16h, no Ciase do Travessão; o interessado deve ter em mãos o RG pessoal e dos pais/responsáveis, além do cartão SUS e comprovante de residência.

Até o momento estão abertas: uma vaga para baliza, cinco para corpo musical, oito para linha de frente e 12 para corpo coreográfico. As inscrições serão encerradas quando todas as vagas forem preenchidas. Após ingressarem na fanfarra, todos os instrumentos, uniforme e materiais necessários serão fornecidos sem custo nenhum para o aluno.

Segundo o instrutor e coordenador do projeto, Marcos Silveira dos Santos, não é necessário ter experiência ou saber tocar algum instrumento para fazer parte da Famcal, pois é algo que o aluno irá aprender com as aulas. “Claro que se o aluno souber tocar algum instrumento ele será bem vindo e acrescentará muito para a fanfarra, mas se não souber e estiver disposto a aprender, também será de grande valor. Afinal a proposta do projeto é ensinar e formar”, afirmou Silveira.

As aulas da fanfarra são dividas em duas etapas: aulas práticas e aulas teóricas. As aulas práticas são realizadas as segundas, quartas e sextas, das 19h às 21h e sábados, das 13h às 16h. As teóricas são as segundas, terças, quintas e sextas, das 13h às 16h, no próprio Ciase do Travessão que cedeu o espaço para a Famcal. Portanto, também é importante que o aluno tenha disponibilidade para participar de todos os ensaios.

O coordenador esclarece que o projeto tem finalidade pedagógica, portanto para permanecer na fanfarra é necessário seguir algumas regras como: ter disciplina, comprometimento, respeito com colegas e professores, além de boas notas e bom comportamento na escola.  “Queremos dar oportunidades para essas crianças e jovens através do projeto e fazer com que se tornem pessoas boas no futuro. Trabalho com a fanfarra há mais de 30 anos e o maior troféu que recebi na vida foi ver muitos dos meus alunos conquistando grandes coisas no ramo da música e nas coisas que decidiram seguir. É gratificante e me faz sentir muito orgulho do que faço”, explicou o instrutor.

Deixe uma resposta