Ilhabela consegue restringir acesso de turistas durante megaferiado

A Prefeitura de Ilhabela implantou durante a vigência do megaferiado anunciado na cidade de São Paulo e no ABC Paulista, um controle de acesso na travessia de balsas para restringir a entrada de turistas na cidade.

A medida teve como objetivo principal frear a migração de pessoas para o arquipélago, evitar a propagação do novo coronavírus e comprometer o sistema de saúde do município.

Foram abordadas 8.163 pessoas entre moradores e trabalhadores que prestam serviço em Ilhabela. Já entre os visitantes foram abordadas 724 pessoas e foi exigido dos visitantes teste negativo para Covid-19 do tipo RT-PCR com no máximo 48 horas antes do embarque para a cidade. Deste total, 681 pessoas apresentaram o teste e puderam acessar a cidade. Já 43 delas não apresentaram e tiveram que retornar às suas residências de origem.

Ficaram fora da obrigação os moradores de Ilhabela, prestadores de serviços essenciais (que comprovaram que estavam atuando na função) e pessoas que receberam a segunda dose da vacina.

Além disso, hotéis, pousadas e hostels tiveram que respeitar a lotação máxima de 50% da capacidade dos espaços.

Segundo a Prefeitura de Ilhabela, a medida teve boa aceitação da população e evitou, por exemplo, a vinda de ônibus ou vans de turismo de um dia.

Deixe uma resposta