Justiça confirma candidatura de Sato

Campanha segue firme, rumo à vitória no dia 15 de novembro

Na tarde desta sexta-feira, 23, a Justiça Eleitoral de Ubatuba, por meio do juiz Fabrício José Pinto Dias, julgou improcedente as alegações da ação movida pelas coligações adversárias, “A mudança tem nome” (PL / PSB / MDB) e “Ubatuba pede socorro” (PSL / PTC / DEM). O indeferimento da ação garante o registro da candidatura de Délcio José Sato a prefeito, pela Coligação Ubatuba Seguindo em Frente.

Na decisão, o juiz eleitoral cita que as condições de elegibilidade foram preenchidas. “Isso posto, defiro o pedido de registro de candidatura de Délcio José Sato, para concorrer ao cargo de Prefeito, sob o número 55, com a seguinte opção de nome: Sato”, finaliza o juiz eleitoral Fabrício José Pinto Dias.

O candidato à reeleição a prefeito Délcio Sato comemorou a decisão e citou que havia total confiança na justiça. “Estivemos sempre tranquilos quanto a este julgamento, já que as alegações eram infundadas e que não era de competência da nossa gestão e sim atos da administração anterior. Foi uma ação meramente política eleitoreira e lamento a circulação de informações distorcidas durante todo este período. Mas como diz o ditado: a justiça tarda mas não falha”,  afirma Délcio Sato.

A Coligação “Ubatuba Seguindo Em Frente”, que tem na cabeça de chapa o prefeito Sato (PSD) com Dra. Dilei de Brito (PV) de vice, vem conquistando eleitores a cada dia que passa. O reconhecimento da população é recorrente diante do grande número de obras e serviços realizados pela atual gestão, em todas as áreas e regiões.

Sato e Dilei vêm percorrendo o município de ponta a ponta levando sua mensagem para a próxima gestão, que dará sequência ao maior programa de pavimentação da história de Ubatuba, mais unidades de saúde com destaque para a construção do Hospital Municipal, mais obras de infraestrutura turística, avançar ainda mais na educação, enfim, fazer muito mais!

No site divulgacandcontas.tse.jus.br é possível constatar outras seis candidaturas que também se encontram na mesma situação, com ações aguardando julgamento. São elas:

01-         Anderson Tato (PTB)

02-         Claudinei Salgado (Coligação Regulariza Ubatuba)

03-         Ednelson Florentino (REDE)

04-         Gilson Rocha (Solidariedade)

05-         Maurício Moromizato (PT)

06-         Pedro Souza (Coligação Temos que Mudar)

Deixe um comentário