Ministério do Turismo realiza oficinas do Projeto “Brasil, essa é a nossa praia” em São Sebastião

Na última semana, de 20 a 24 de junho, o Ministério do Turismo (MTur), em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e a Prefeitura de São Sebastião, realizou pelo município uma série de oficinas e visitas técnicas do projeto “Brasil, Essa é Nossa Praia!”, para elaboração dos Planos de Gestão Integrada da Orla (PGIs).

As atividades foram realizadas nas Unidades de Planejamento (UP) das regiões contempladas para elaboração do Plano de Gestão Integrada (PGI) em São Sebastião (UP1 – da Praia do Pontal da Cruz até a Praia das Cigarras; UP2 – Praia do Guaecá e Praia de Barequeçaba; UP3 – Praia de Maresias e Praia do Paúba; UP4 – Praia de Camburi e Praia de Boiçucanga; e UP5 – Praia da Baleia e Praia de Barra do Sahy).

Encerrando a programação, na última sexta-feira (24), foi realizada a plenária no Hotel Porto Grande. Estima-se que mais de 200 pessoas participaram durante os cinco dias. Estiveram presentes membros dos Conselhos Municipais de Turismo, Meio Ambiente, Habitação, Urbanismo, Cultura, entre outros.

Anteriormente, foram promovidos cinco webinars online com os representantes e facilitadores, bem como com a sociedade civil, para esclarecimentos e levantamento de pontos relevantes para o início das oficinas, disponíveis no link http://bit.ly/PO_ss.

As oficinas podem ser acompanhadas no canal do Youtube www.youtube.com/channel/UCq4nB2jkhnFNac25LzEnvag, que já conta com mais de 1.000 visualizações.

O PGI é o instrumento resultado da metodologia do Projeto Orla que estabelece as ações e estratégias a serem adotadas pelo município para executar a gestão da sua orla, sendo um dos requisitos do Termo de Adesão a Gestão de Praias – TAGP.

O Projeto Orla teve sua publicação em novembro de 2021 e o resultado com a seleção de São Sebastião publicado em fevereiro de 2021, sendo a única cidade do Estado de São Paulo que foi contemplada ao lado de capitais como Salvador e Natal. Apenas 9 municípios brasileiros foram selecionados, baseados em destinos destaques no setor turístico do Brasil.

A ação tem como objetivo geral apoiar e orientar destinos turísticos quanto à implementação de ações de gestão responsável, incentivando a adoção de boas práticas em sustentabilidade por gestores públicos, comunidade local e turistas. De 1º a 5 de agosto, serão realizadas mais Oficinas presenciais; e em novembro, ocorrerá a Audiência Pública, prevista para o dia 16.

Para mais informações, acesse: www.brasilnossapraia.ufrn.br .

Feedback

As oficinas e visitas técnicas do projeto “Brasil, Essa é Nossa Praia!”, para elaboração dos Planos de Gestão Integrada da Orla (PGIs), contou com a participação de representantes de associações de moradores, representantes de atividades econômicas, técnicos e gestores públicos, entre outros representantes do trade local e sociedade civil. Vale ressaltar que o Projeto teve início em maio e continuará em desenvolvimento até novembro de 2022, continuando aberto para manifestações e colaborações.

Confira os depoimentos de alguns participantes:

 Marcio José dos Santos – Representante da Fundação Florestal e Gestor da Área de Proteção Ambiental Marinha do Litoral Norte

“Esse momento promoveu a integração dos instrumentos de gestão que temos no território, sendo uma oportunidade que temos de trazer um ordenamento territorial, desta vez mais próximo das praias (orla) junto à gestão municipal. Acredito que o objetivo seja de avançar nesse ordenamento junto ao município, levando em consideração o processo participativo da sociedade.”

Marcos Paulo – Presidente da Associação de Surf de Cambury

“Muito importante esse trabalho para que possamos revitalizar nossa extensa orla. É também importante pelo fato de podermos opinar e sugerir melhorias com o intuito de preservar a natureza.”

Erivaldina Pinheiro – Ambulante da praia da Cigarras

“Acredito que todas as discussões são sempre pensando em um resultado a favor da população, pensando também em melhorias para o meio ambiente e exclusivamente para as nossas praias.”

Solange Vega – Ambulante da praia da Cigarras

“Encontro muito importante visando melhorias na infraestrutura das praias e atendendo melhor os ambulantes e os turistas. As discussões como melhorias na qualidade da água e areia das praias também foram importantes e favorecem principalmente nós ambulantes.”

Daniel Lopes – Associação Amigos do Bairro do Sahy (SABS)

“Acredito que a maior importância desses encontros é que conta com a participação da população sebastianenses, que são as pessoas realmente conhecem os problemas, os conflitos, e isso legitima o projeto e as políticas públicas que virão a acontecer após as discussões visando melhorias para todos.”

Mayli Moraes – representante do Setor Náutico do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR)

“O Projeto Orla veio para definir as diretrizes da gestão das nossas praias, colocando a comunidade tradicional para dialogar com o setor náutico, promovendo uma conversa construtiva e gerando um diagnóstico preciso do município.”

Marina de Campos Maia – integrante da Associação Cigarras Viva

“O projeto vai ordenar questões que visam organizar nossa cidade ambientalmente e economicamente.”

Fabiana Ciola – bairro Barequeçaba

“Uma ótima oportunidade da sociedade civil participar e contribuir com sugestões de melhorias, junto aos órgãos federais e municipais.”

Ana Paula Garcia – Facilitadora do Projeto Orla

“A execução do projeto é um processo importante para gestão do território, para que consigamos desenvolver um Plano de acordo com a realidade local, ouvindo todas as partes.”

Deixe um comentário