Ministro do Meio Ambiente e secretário estadual assumem compromisso com a universalização do saneamento em Ilhabela

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, acompanhado da secretária de Meio Ambiente, Maria Salete Magalhães, reuniu-se na tarde desta segunda-feira (14), na sede do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), em São Paulo, com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, e diretores da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), para tratar da agilização dos projetos e investimentos voltados à universalização  do saneamento em Ilhabela.

O ministro assumiu o compromisso de que os órgãos vinculados ao ministério se empenharão para dar celeridade à entregados projetos de Ilhabela. De acordo com Salles, nos próximos 45 dias estarão liberados os licenciamentos ambientais pendentes na Cetesb e os projetos em andamento na Sabesp. “Nos reunimos em caráter de urgência para resolver o problema. E hoje já começamos o plano de ação, que em breve terá seus detalhes divulgados”, afirmou o ministro, acrescentando que a “reunião de hoje é de solução e tem prazo”.

Durante a reunião, em que reiterou a disposição de reduzir o prazo da Sabesp para universalizar o saneamento, o prefeito Márcio Tenório, cobrou apoio da Sabesp e da Cetesb para a liberação de projetos que assegurarão a ampliação da reservação e produção de água tratada e também do percentual das redes coletoras de esgoto e o tratamento, de modo a atender a população de todo o arquipélago. O encontro, agendado pelo prefeito com o ministro, é considerado histórico, porque reuniu as principais autoridades ambientais do país e do Estado, com o objetivo de solucionar definitivamente os problemas de água e esgoto do município.

O prefeito, Marcio Tenório, comemorou o compromisso assumido pelas autoridades. “Estamos fazendo grandes investimentos em saneamento. Reservamos 10% dos royalties e um orçamento anual de R$ 41 milhões para essa área, para assegurar ainda mais qualidade de vida à nossa população”, destacou o prefeito.Também participaram da reunião: Ricardo Borsari (diretor da Sabesp), Domenico Tremarolli (diretor da Cetesb) e José Edílson Marques
(superintendente do Ibama no Estado de São Paulo).

Deixe uma resposta