Perturbação de sossego e eventos clandestinos aumentaram em São Sebastião

Em julho, a Prefeitura de São Sebastião, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM) da Secretaria de Segurança Urbana (SEGUR), atendeu 522 ocorrências relacionadas a descumprimento de decreto, segurança municipal, fiscalizações e apoio às demais secretarias – cerca de 50% maior do que no mês anterior.

Os chamados de perturbação de sossego dobraram em julho, chegando a 89 atendimentos. O mesmo aumento pôde ser observado no número de eventos clandestinos frustrados: a GCM conseguiu interromper 11 festas e 12 fluxos (rolezinhos) que descumpriam determinações de decretos municipais.

 

Quanto à segurança municipal, a força de segurança realizou 27 rondas a prédios públicos e 16 operações de saturação de área em Boraceia, Juquehy, Boiçucanga, Maresias, Centro, Enseada, Jaraguá e Canto do Mar, no chamado Bairro Seguro, policiamento preventivo que visa coibir a ocorrência de delitos no município.

A GCM também atendeu às seguintes ocorrências no mês de julho:

– 67 averiguações de atitude suspeita;

– 45 indivíduos abordados e averiguados;

– 05 ocorrências com entorpecentes;

– 03 registros de embriaguez ao volante;

– 07 ocorrências de furto;

– 01 ocorrência de roubo;

– 12 indivíduos presos por crimes diversos;

– 78 medidas protetivas;

– 05 veículos abordados devido a alarme gerado pelo Muralha, sistema de monitoramento digital.

– 53 fiscalizações de transporte coletivo;

– 48 fiscalizações de trânsito;

– 04 veículos apreendidos;

– 04 operações de fiscalização a ferros-velhos;

– 19 ações de apoio ao Departamento de Fiscalização de Posturas;

– 12 ações de apoio à Secretaria de Saúde;

– 04 ações de apoio ao Fundo Social, no acolhimento a pessoas em situação de rua.

A Guarda Civil Municipal (GCM) trabalha para que os munícipes sintam-se seguros na cidade onde moram, atuando em operações que buscam a diminuição da violência e da criminalidade, e agindo em prol da preservação dos direitos dos sebastianenses.

Em caso de necessidade ou de denúncia, basta ligar para a GCM pelo telefone 153.

Deixe um comentário