Ubatuba participa da 6ª Edição do programa “Educação Viária é Vital” do Detran.SP

Ação realizada em parceria com a Fundación MAPFRE visa capacitar mais de 640 mil pessoas, entre professores, alunos e cidadãos.

Mais de 640 mil pessoas de 46 municípios paulistas serão contempladas pela 6ª Edição do programa “Educação Viária é Vital”, ação do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) em parceria com a Fundación MAPFRE, que tem como objetivo reduzir os acidentes graves e óbitos no trânsito envolvendo crianças e adolescentes em todo o Estado.

O Programa visa qualificar entre os meses de julho e novembro educadores (professores e coordenadores pedagógicos) da rede pública municipal que multiplicarão os conhecimentos adquiridos na capacitação para alunos do Ensino Fundamental 1 e 2, além de familiares e da comunidade de cada município.

A cerimônia da assinatura dos convênios com os municípios ocorreu nesta terça-feira (20) no auditório da sede do Detran.SP em São Paulo e contou com a presença do diretor-presidente do Detran.SP, Neto Mascellani, da diretora-vice-presidente, Neiva Aparecida Doretto, do diretor de Educação para o Trânsito e Fiscalização, Juan Carlos Sanchez, do coordenador pedagógico da Fundación MAPFRE, Renato Ribeiro, e com a participação online do Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Prefeitas, prefeitos, secretários e coordenadores de educação dos municípios participantes também estiveram presentes no evento. Vinholi destacou a gestão do presidente Neto Mascellani à frente do Detran.SP e reforçou que “importantes iniciativas como essas de educação viária que fazem São Paulo ser um estado cada vez mais seguro”.

Neto Mascellani reforçou a parceria com a MAPFRE e os critérios adotados para firmar os convênios com os municípios: “iniciativas como essa são fundamentais a longo prazo. É importante seguirmos investindo na educação, formando os professores que serão os grandes multiplicadores dessas informações que têm um papel fundamental não só para a educação no trânsito mas para a formação de nossas crianças, nossos jovens e nossos adolescentes como cidadãos, que vão respeitar as leis de trânsito e o próximo. Um dos critérios de seleção dos municípios são aqueles que tivemos mais casos e mais acidentes com crianças e adolescentes entre 9 e 14 anos. Portanto, é muito importante a atuação de cada município nesse processo”, destaca o diretor-presidente do Detran.SP.

Por meio de um sistema de ensino à distância e de materiais didáticos, o “Educação Viária É Vital” incentiva a realização de projetos que favoreçam práticas de convivência harmoniosa no trânsito com ações educativas para reduzir os índices de acidentes de trânsito.

Dessa forma, crianças e adolescentes adotarão comportamentos básicos para um deslocamento seguro de pedestres, condutores e passageiros, de maneira que sejam no futuro cidadãos mais atentos, conscientes e respeitosos em relação à segurança viária.

O programa espera impactar os cidadãos nas seguintes frentes: redução de mortes, deficiências físicas e outras implicações para as vítimas de acidentes de trânsito, suas famílias e outros dependentes, diminuição dos custos com saúde no tratamento e reabilitação das vítimas, preservação de vidas, prioritariamente as de crianças e jovens – principais vítimas no trânsito – e conhecimento, respeito e ação em favor dos Direitos Humanos.

Confira a relação dos municípios que assinaram o convênio com o Detran.SP nesta terça-feira:

Deixe uma resposta