Vigilância Sanitária interdita clínica de reabilitação na praia dura, em Ubatuba

Nesta segunda-feira (22/11), uma equipe da Vigilância Sanitária de Ubatuba juntamente com investigadores da Polícia Civil, foi até uma clínica de reabilitação na praia Dura, a fim de cumprir mandado de busca e apreensão expedido pela justiça e fiscalizar o local no atendimento dos internos e alimentação. O pedido na justiça foi provocado depois de várias denúncias de irregularidade.

Durante fiscalização foi constatado que a clínica tinha CNPJ, porém não tinha alvará para funcionar. O responsável pela clínica foi preso em flagrante.

Segundo informou a polícia, durante inspeção alguns internos contaram que estavam no local contra a vontade. Se confirmado, a prática pode caracterizar crime de cárcere privado.

Ainda no local foram apreendidos, remédios, alimentos fora do prazo de validade, duas maquinam de cartão e um caderno com a contabilidade da clínica.

A Vigilância Sanitária ainda informou através de nota que interditou a clínica por falta de alvará e porque o zoneamento do município não permite esse tipo atividade. O auto de inflação foi elaborado por falta de licença e produtos vencidos.

Deixe um comentário