Vigilância Sanitária interdita restaurante em Boiçucanga

Local foi fechado por falta de condições de higiene e utilização de poço de forma irregular

A Vigilância Sanitária de São Sebastião interditou um restaurante em Boiçucanga, na Costa Sul do município, por falta de condições de higiene e que utilizava um poço de água de forma irregular, sem outorga do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) de São Paulo. A ação ocorreu na manhã desta quinta-feira (31/11).

Durante a vistoria os fiscais recolheram e inutilizaram cerca de 250 kg de alimentos, perecíveis e congelados, estocados de forma irregular, fora do padrão de qualidade.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Fernanda Paluri, foi verificada falta de higiene tanto no preparo como no armazenamento dos alimentos. “Encontramos vários produtos com prazo de validade vencidos, fracionados sem identificação, sem procedência, estocados de forma irregular e alguns já apresentavam estado avançado de deterioração”, afirmou.

Fotos:PMSS

Ainda segundo a diretora, havia sujeira, desorganização. “Foram encontrados alimentos no freezer e nas geladeiras do estabelecimento, em potes reaproveitados, além de frutos do mar preparados e congelados sem data, sem identificação. Encontramos também um azeite fracionado em garrafa de cerveja, e legumes que não tinham condições de serem consumidos podendo causar sérios danos à saúde, principalmente crianças”, acrescentou.

Os fiscais ainda avaliaram um espaço reservado para doces no restaurante, onde foi encontrado no estoque caixas de leite condensado e creme de leite vencidos,
sujeira no estoque, inclusive, fezes de animais.

Segundo Paluri, para reabrir, o estabelecimento precisa resolver as irregularidades e passar por uma nova inspeção dos agentes da Vigilância Sanitária.

Serviço: A Vigilância Sanitária alerta que a qualquer suspeita de irregularidade, pode ser denunciada diretamente ao setor, de forma anônima, através do telefone (12) 3891-3411.

Deixe um comentário