16 pássaros silvestres são resgatados pela Polícia Ambiental em Caraguatatuba

Policiais militares da 3ª Companhia de Polícia Militar Ambiental Terrestre do 3° Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo, durante patrulhamento ostensivo neste domingo (18/10), visualizaram em uma residência no Bairro Pegorelli, em Caraguatatuba, diversas gaiolas penduradas na parede.

No local os policiais ambientais foram recebidos pelo proprietário da residência que franqueou a entrada da equipe para vistoria e foi constatado: 16 pássaros da fauna silvestre sendo: 04 trinca-ferro verdadeiro; 07 Papa-Capim (Coleirinha); 01 Pomba verdadeira “pombão”; 01 Pintassilgo Cabeça Preta e 03 Curió, todos sem anilhas e acondicionados em gaiolas. O proprietário informou aos policiais que não possuía documentação do órgão competente que autorizasse a criação de tais pássaros.

Diante do fato, foi confeccionado o auto de infração ambiental por infringir o artigo 25 parágrafo 3°, inc.III, da resolução SMA-048/14, com multa no valor de R$ 8.000,00 e o proprietário responderá ainda pelo crime ambiental tipificado no artigo 29 parágrafo 1°, inc.III, da lei federal 9605/98.

Os pássaros foram aprendidos e passaram por uma triagem, onde foram constatados 07 pássaros com sinais evidentes de captura recente, sendo estes, soltos em local seguro e os outras 09 encaminhados para o centro de reabilitação “Fundação Animália”, onde ficaram em observação para após serem reintroduzidos em seu habitat natural. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 190 e (12) 3886-2200 da Polícia Militar Ambiental.

Deixe um comentário