Agentes do CCZ de Caraguatatuba realizam, neste final de semana, avaliação para indicar nível de infestação de dengue

Para obter os resultados da primeira Avaliação de Densidade Larvária (ADL) de 2021, os agentes do controle da dengue do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) irão continuar visitando as residências do município no fim de semana.

A equipe irá realizar, tanto sábado (1) quanto no domingo (2), as atividades no bairro Massaguaçu, região norte, das 8h às 14h.

A última avaliação, realizada em novembro do ano passado, indicou que o nível de infestação do mosquito Aedes aegypti da cidade era de 2,4%.

Durante as visitas, os agentes encontram certas dificuldades para concluírem a ADL, como por exemplo, casas de veraneio que estão vazias e não podem ser vistoriadas. Hoje, a situação ficou ainda mais difícil por conta da pandemia de Covid-19.

Ricardo Fernandes, biólogo do CCZ e coordenador do controle da dengue, contou que muitos moradores não estão permitindo a entrada dos agentes em suas residências, e que “na maioria das vezes é por medo da doença”.

Ele garantiu que as pessoas podem ficar tranquilas, porque “os profissionais estão seguindo todos os protocolos de segurança para prevenir o contágio com o vírus, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde”.

Entre os protocolos, estão: a utilização de máscaras de proteção; higienização das mãos com água e sabão por pelo menos 40 a 60 segundos, e se não disponíveis, os agentes devem usar álcool em gel; manter distância mínima de 1 metro dos moradores das casas; e evitar entrar em residências onde há idosos ou pessoas confirmadas e/ou suspeitas com Covid-19.

No geral, 12 agentes irão participar da ação do fim de semana e farão, aproximadamente, 200 visitas.

Deixe uma resposta