Assassino que matou filha de veterinário é preso na cidade de Paraty-RJ

Criminoso estava trabalhando num quiosque na praia do Jabaquara como garçom quando foi e preso.

A Polícia Civil de Caraguatatuba confirmou que Felipe Thiago Fet Lino de 31 anos, acusado de assassinar Cristina Coelho Novais de 32 anos, na madrugada de sábado (16/11), no bairro do Poiares e jogar o corpo em um córrego embrulhado num plástico, foi preso neste domingo (15/12) por uma equipe da Polícia Militar do Rio de Janeiro, na cidade de Paraty. Ele estava trabalhando como garçom num quiosque na praia de Jabaquara deste que fugiu da cidade.

A prisão só foi possível depois que uma pessoa fez uma denúncia anônima via COPOM da Policia Militar relatando que o criminoso estava no Rio de Janeiro. Na manhã deste domingo, uma equipe da Polícia Militar do Rio de Janeiro, atendendo um pedido do 20°BPMI aqui do Litoral Norte, receberam a informação que um homem que é acusado de cometer um crime de homicídio em Caraguatatuba, estaria trabalhando como garçom na cidade de Paraty.

Os policiais foram até o local e conduziram o criminoso que estava sem documentos para a delegacia e logo em seguida entraram em contado com a equipes de investigadores de Caraguatatuba. Mesmo estando com outro visual ele foi reconhecido pela tatuagem de uma flor na mão direita. A Policia Civil de Caraguatatuba já enviou mandado de prisão para o delegado de Paraty e o acusado deve ser trazido para Caraguatatuba nesta segunda-feira. (veja vídeo)

 

Deixe um comentário