Campanha de antecipação de vendas tem sucesso de adesão no Litoral Norte de São Paulo

A ação de antecipação de vendas, criada pelo Circuito Litoral Norte para apoiar o trade regional e movimentar a economia neste momento de pandemia, já vem rendendo bons resultados aos empresários locais e deve se intensificar com a próxima fase do processo de reabertura do Estado, que classificou a região na fase amarela.

Segundo dados coletados pelo consórcio turístico, cerca de 110 novos negócios já foram ativados nas cidades de Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba e Bertioga.

Entre as operadoras parceiras, CVC, Decolar, Abreutur, Orinter e Interep, já foram registrados mais de 140 contatos com os hotéis, agências de receptivo e empresas de transporte turístico da região. Após a criação desses novos produtos regionais, acontece a fase de divulgação em destaque nos canais de venda das operadoras.

“As listas do Circuito Litoral Norte nos ajudaram muito para chegar até fornecedores que não tínhamos contato nenhum. Alguns deles me retornaram e estamos em negociação, outros já se tornaram parceiros, e faremos contato novamente com quem não retornou. São muitas oportunidades sendo geradas” afirma o especialista em Distribuição de Produtos da CVC, Luciano Silva.

Foto: Divulgação/PMC

Já para a diretora de Estratégia e Planejamento da Interep, Flávia Oliveira, a ação de conscientização do Litoral Norte vem representando um importante processo de reconhecimento da região.

“A conscientização, nesse momento delicado, não só nos traz a segurança de medidas a serem aplicadas pelo destino, junto às secretarias locais e serviço hoteleiro, como também a oportunidade de apresentar uma opção prática e muito regionalizada a ser considerada pelo agente de viagens, especialmente na região de São Paulo e adjacências. A escolha do destino de viagem, com a oportunidade de diferencial e a busca da reclusão nesse momento tão delicado, reforça a necessidade da curadoria hoje presente na escolha do produto ofertado pela Interep, prezando pela melhor experiência e, inevitavelmente, contribuindo na construção de valor pelo agente”, completa.

Quem apostou nessa iniciativa foi a hoteleira Paula Elizabeth Sanches, da Aquamarine Pousada e Chalés, que apresentou seu produto para a empresa a Interep em busca de novos clientes neste momento difícil pelo qual passou o setor. Ela aposta em ações da Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Turismo, para alavancar o segmento e retomar a ocupação. “O que se perdeu com essa pandemia não se recupera, mas esperamos ações que possa trazer mais turistas para ficar em Caraguá”, aposta.

Já usuário de alguns sistemas como a Decolar, o empresário do setor hoteleiro Rodrigo Tavano também está ampliando seu leque e integra seu estabelecimento, Vivenda Sol e Mar Hotel Pousada, à Interep e Orinter com expectativa de atrair novos clientes.

“Nossa expectativa é que a partir de setembro saiam as  campanhas de divulgação do Circuito Litoral Norte que devem gerar mais vendas de forma a contribuir com a retomada do turismo na região” Tavano ainda destaca a participação do governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo, que passou a enxergar o Litoral Norte como a galinha dos ovos de ouro “e eu não podia ficar de fora”, disse Tavano que também é vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo (ABIH-SP) e ex-secretário de Turismo de Caraguatatuba.

“Mais do que uma ação de antecipação de vendas, que permite a comercialização de pacotes para viagens no momento seguro, esta ação está conectando importantes players com canais digitais emissores e o trade local, desenvolvendo juntos produtos de experiência que podem se destacar no lugar de destinos com aéreo. Esta é apenas uma das ações que desenvolvemos para a região. Queremos colocar o trade local como o grande destaque nessa retomada, pois são eles que melhor conhecem nossas atrações, nossa natureza e levarão os turistas a experiências inigualáveis”, ressalta o secretário Executivo do consórcio turístico, Gustavo Monteiro.

Aposta na regionalização

De acordo com estudo realizado em parceria com o Laboratório de Estudos em Sustentabilidade e Turismo da UnB (LETS) e a consultoria Amplia Mundo, locais no próprio país representam 60% das preferências dos brasileiros ainda para 2020. Além disso, a pesquisa aponta que o Sudeste, com 19,8%, é a segunda região alvo das escolhas, atrás apenas Nordeste.

Com base nessa tendência, e graças à privilegiada localização do Litoral Norte de São Paulo, com fácil acesso pelas principais rodovias saindo da capital paulista, o Circuito Litoral Norte coloca a região em destaque nesse momento de retomada do turismo.

Em parceria com a Secretaria de Turismo de Estado, o consórcio vem colocando as cinco cidades integrantes em evidência como um destino seguro pós-pandemia.

“O turismo de proximidade, com viagens mais curtas, tradicionalmente feito de forma autônoma, passa a chamar a atenção de grandes organizações de viagens, atraídas não somente pela oportunidade, mas também pela qualidade do produto turístico”, acredita o secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz.

Além da campanha de vendas antecipadas, estão previstas para o segundo semestre ações como: a participação em capacitações com operadoras nacionais e internacionais, rodadas de negócios em parceria com o Sebrae, lançamento de nova marca e do Programa Rotas Cênicas junto à Secretária de Turismo do Estado, participação de Hotsales na Argentina com a GOL, organização de Famtour regional para avaliação de protocolos de segurança, ações de marketing digital e atividades regionais que visam, principalmente, a geração de negócios e movimentação da economia.

Deixe uma resposta