Caraguatatuba adere consórcio para compra de vacinas e lei autorizativa será encaminhada à Câmara

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, anunciou que o município vai aderir ao consórcio de municípios para compra de vacinas contra a Covid-19.

A adesão permitirá que a cidade compre a vacina caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Governo Federal, não consiga atender à demanda e não forneça doses suficientes para a população.

Segundo Aguilar Junior, a Prefeitura de Caraguatatuba vai protocolizar nos próximos dias à Câmara Municipal um projeto de lei que autoriza o Executivo a comprar as vacinas.

“Nosso objetivo é imunizar toda a população e não podemos depender das remessas que estão sendo enviadas pelo Governo Federal ou Estadual. Precisamos acelerar a imunização de nossa população. Para se ter uma ideia, não temos mais vacinas para o público alvo de 77 a 84 anos”, explica.

A decisão de adquirir vacinas via consórcio se deve a situação de urgência e o repasse moroso de doses, além de ser um instrumento que possibilitará a retomada segura e gradativa das atividades e da economia.

Deixe um comentário