Cavalo filhote vítima de maus tratos é sacrificado em Caraguatatuba

Policiais Militares Ambiental localizaram na última sexta-feira (23/04), após uma denúncia de maus tratos de um cavalo no bairro Pegorelly, em Caraguatatuba.

No local os policiais ambientais visualizaram um potro deitado em uma pastagem, ao examinar o animal notou-se que o mesmo tinha dificuldades para levantar-se, verificado também que o animal apresentava machucados em todas as patas, e uma de suas patas quebrada com fratura exposta.

O proprietário informou aos policiais ambientais que o animal bateu em uma porteira quando estava correndo e quebrou uma das patas dianteiras e que tem um veterinário responsável pelo potro, porém, no momento da fiscalização não apresentou documentação que comprove tais cuidados.
Foi solicitado a presença do veterinário do Centro de Zoonoses e após examinar o animal no local confirmou uma fratura exposta com secreção, a qual não esta calcificada em razão do osso ser muito fibroso, bem como confirmou que o animal encontra-se desnutrido e em situação de sofrimento por falta de cuidados veterinário. Informou ainda que o cavalo não irá aguentar seu peso natural.
O animal foi recolhido para o Centro de Zoonoses de Caraguatatuba para avaliação completa do animal e após laudo foi necessário a eutanásia do animal.

Fotos: Polícia Militar Ambiental

Diante do exposto foi elaborado auto de infração ambiental pelo crime praticado ao § 2º do Art. 29 – da Resolução SIMA 005/21 com multa agravada em dobro em decorrência de recomendação médico-veterinária para eutanásia no valor de R$ 6.000,00. Denúncias podem ser feitas pelo telefone (12)3886-2200

Deixe uma resposta