Em Ilhabela, segue em ritmo acelerado as obras da 1ª escola cívico-militar do Litoral Norte

Construída pela Prefeitura de Ilhabela, as obras da futura escola cívico-militar de Ilhabela, a primeira no Litoral Norte de São Paulo, seguem em ritmo acelerado.

A nova escola, que está localizada no bairro do Reino, terá 10 salas de aula, vestiários, laboratório de informática, refeitório, cozinha, áreas administrativas, pátio, quadra e playground coberto. A Secretaria de Obras prevê a entrega da escola em até 60 dias.

A Prefeitura de Ilhabela pretende iniciar as aulas na unidade escolar já neste segundo semestre. “Será uma opção a mais de ensino na cidade. Esta nova escola terá os moldes de uma escola cívico-militar, uma opção às famílias da nossa cidade, que se sentirem a vontade de inserir os filhos em um sistema de ensino público diferenciado ao convencional”, destacou o Prefeito Toninho Colucci.

A unidade escolar receberá o nome do Senador Major Olímpio Gomes, que faleceu vítima da Covid-19 em 2021. Major Olímpio, como era popularmente conhecido, frequentou Ilhabela por muitos anos e considerava a cidade como seu segundo lar. Era apaixonado pelo município e sempre encaminhava emendas Estaduais e Federais que contribuíram positivamente para melhoria de vida da população ilhabelense.

Sobre o programa – O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares é uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógico e administrativa. O País conta hoje com mais de 200 escolas cívico-militares, que já indicam registros positivos da educação, após a instalação dessas unidades. São eles a melhora no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), redução significativa na evasão escolar e o aumento de alunos estudando no ensino correto.

Deixe um comentário