Ilhabela terá projeto piloto para formação de pescadores e marinheiros visando a retomada econômica

Representantes da Marinha do Brasil estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (14/10) com o Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, o vice-prefeito João Pedro, o secretário de Governo, Cezar De Tullio, e o vereador suplente Felipe Caranha, para tratar sobre a qualificação de pescadores e de moradores que atuam com embarcações na cidade.

O objetivo é promover cursos com a chancela da Marinha do Brasil para que os profissionais conquistem suas carteiras profissionais e trabalhem dentro da legalidade, já visando a retomada econômica.

Estavam presentes no encontro o Almirante Alexandre Cursino de Oliveira, o Vice Almirante e Diretor de Portos e Costas, Capitão Marcelo Sá, o Delegado da Capitania dos Portos em São Sebastião, Capitão Adriano Goulart, e a Assessora Tenente Érika Lanes.

“Nosso objetivo é apoiar os pescadores e quem trabalha com embarcações em Ilhabela, através dos cursos ESEP (Curso Especial de Segurança de Embarcações de Passageiros), como por exemplo o de Marinheiro Auxiliar de Convés (MAC). Já estamos em tratativas com o Ministério do Turismo para qualificar mão de obra, operadores e pescadores sendo utilizados também nessa área. Nosso objetivo é avaliar Ilhabela como uma das possibilidades de projeto piloto como forma de fomentar a retomada econômica”, disse o Almirante Alexandre Cursino.

O Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, destacou a importância dos cursos para o município. “Os pescadores e moradores que trabalham com embarcações esperam muito por esses cursos para garantir a carteira profissional. Fico feliz que a Marinha do Brasil seja nossa parceira e que tenha escolhido Ilhabela para um projeto piloto”, destacou.

Deixe um comentário