Lutador de artes marciais é suspeito de agredir filho de seis anos em Ubatuba

Segundo a polícia, criança está internada com serias lesões no corpo e com ferimentos graves na face.

Uma criança de seis anos deu entrada na Santa Casa de Ubatuba na tarde desta quinta-feira (15/10), com lesões pelo corpo e ferimentos graves na face, depois de ser agredido a socos pelo pai que é lutador de artes marciais. Os médicos desconfiaram da história que o pai contou, que a criança tinha caído e chamara a polícia militar.

Segundo informou a polícia, o acusado estava na sala de espera quando chegaram na Santa Casa, momento que foi abordado e questionado sobre a suspeita dele ter agredido o filho. O acusado é praticante de artes marciais e já tinha um mandado de prisão por agressão expedida pelo Fórum da cidade. Segundo ainda a polícia, o indivíduo teria agredido violentamente seu próprio filho de seis anos, causando sérias lesões no corpo e desfiguração da face em virtude da brutalidade contra a criança.

O lutador de artes marciais foi levado para a delegacia onde foi elaborado o boletim de ocorrência ficando o agressor preso à disposição da justiça.

Mais agressão

Na madrugada desta sexta-feira (16/10), câmeras do COI (Centro de Operações Integradas) flagraram um homem agredindo uma mulher com uma cabeça na região central  de São Sebastião.

A mulher teve traumatismo craniano, caiu no chão desmaiada e foi socorrida ao pronto-socorro. O agressor foi detido pela Guarda Civil Municipal e vai responder por agressão ficando preso à disposição da justiça.

Deixe uma resposta