Mais de 3 mil trabalhadores já foram atendidos com auxílio alimentar emergencial e Prefeitura aguarda novo fornecimento

O Fundo Social de Caraguatatuba realiza a campanha de arrecadação de alimentos “Rede do Bem”, durante o período de pandemia da Covid-19, e já recebeu de moradores, empresários locais e grupos solidários, aproximadamente 1,3 mil kits.

Os itens já foram distribuídos conforme orientações do decreto de suspensão de algumas atividades. Motoristas de táxi, artesãos, ambulantes e encaminhamentos emergenciais foram atendidos.

Quem puder ajudar, pode doar alimentos não perecíveis, além de produtos de higiene, como sabonete, papel higiênico, escova e pasta de dente. As doações são recebidas na sede do Fundo Social, no Centro. Importante destacar que o recebimento dos produtos, seguirá conforme as medidas prevenção ao Covid-19, com controle de pessoas no atendimento e higienização.

Cadastros Central 156 – A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Central de Relacionamento 156 já atendeu 1.848 trabalhadores autônomos, prejudicados durante a pandemia da Covid-19, com o benefício do auxílio alimentar.

Enquanto o município aguarda chegada de novo fornecimento de cestas básicas, novos cadastros estão temporariamente suspensos. Com o novo abastecimento, as solicitações serão imediatamente retomadas e anunciadas nos canais oficiais da Prefeitura.

O benefício foi disponibilizado para autônomos, que não possuem uma segunda renda, e que sobrevivam exclusivamente deste trabalho.

A entrega do auxílio alimentar recebeu reforço de 541 cestas, do projeto “Covida Caraguatatuba”, iniciativa do Ministério Público e Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba, que arrecada recursos financeiros, para serem revertidos em cestas básicas.

A doação pode ser realizada na conta: Sicredi 0748 – Agência 0710 – conta corrente 71499-3 – Associação Comercial e Empresarial de Caraguatatuba / CNPJ 50.452.960/0001-60.

Além do auxílio que beneficiou os trabalhadores autônomos, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), entregou 1.254 cestas básicas, às famílias em situação de vulnerabilidade social, conforme critérios sociais.

Deixe uma resposta