Pacientes que tiveram covid precisam de acompanhamento médico pós-doença”, ressalta Roberto Kalil

O cardiologista diz que os idosos são os que apresentam mais sequelas, mas todos devem cuidar especialmente do coração

Quem teve Covid 19 não deve se descuidar, pois estudos mostram que, mesmo após meses a alta médica, muitos pacientes ainda apresentam sequelas, em especial os idosos. Estudos mostram que muitos idosos apresentam mais condições de desenvolver doenças como insuficiência respiratória, pressão alta, fadiga e diagnósticos com algum problema de saúde mental.

O professor doutor Roberto Kalil, Presidente do Conselho Diretor do InCor e diretor geral de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, explica que estudos de ressonância magnética mostraram que a Covid 19 é também uma doença vascular: 78% dos pacientes curados ainda tinham sinais sugestivos de inflamação no coração 70 dias após receberem alta, ainda que sem sintomas. Por isso é importante fazer acompanhamento médico, afirma, acrescentando que os relatos de falta de ar, perda de olfato e paladar, tonturas e até dificuldade de raciocínio entre os que já contraíram o vírus são bastante comuns.

Mas não são apenas os idosos que podem ter problemas cardíacos pós-covid. “Todos os pacientes podem estar sujeitos a doenças cardiovasculares”, diz dr. Roberto Kalil. Por isso, ele recomenda que, antes de retomar as atividades físicas e esportivas, os pacientes de Covid façam uma avaliação cardiológica.

Deixe um comentário