PMs fazem treinamento para operações especiais no Litoral Norte

Instrução foi data pelo GATE de São Paulo conhecido como a tropa de elite da PM

Parte do efetivo da Polícia Militar do Litoral Norte, participaram de um treinamento de ações táticas e operações especiais nesta segunda-feira (28/9), no 20° Batalhão de Polícia do Interior com sede em Caraguatatuba.

Fotos reprodução

Os policiais tiveram aulas teóricas e práticas sobre tipos de abordagens, uso progressivo da força, entrada tática em terreno acidentado, controle de distúrbio civil e outros aspectos da rotina policial. As atividades foram ministradas por integrantes do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) de São Paulo e direcionadas às tropas especializadas na região.

 

 

Grupo de Ações Táticas EspeciaisGATE, é um grupamento policial de operações táticas especiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Criado em 1988, o GATE é a 2ª Companhia do 4º Batalhão de Polícia de Choque, que por sua vez está subordinado ao Comando de Policiamento de Choque. O seu surgimento deu-se através de ex-integrantes do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo e da ROTA, com o propósito de, a partir da somatória das habilidades de cada corporação, criar um novo e estratégico conceito de policiamento voltado ao atendimento de ocorrências diferenciadas e não corriqueiras. Em nível de companhia é comandado por um capitão e operacionalmente está dividido em equipes táticas além de um esquadrão de bombas.

O GATE é um dos mais modernos grupos de táticas especiais do país, focando a sua atuação em situações de alto risco, como resgate de reféns, incursões em locais de alto risco e desarmamento de bombas. Sua doutrina operacional prevê atuação em regiões urbanas, ficando a atuação em regiões de matas a cargo da 1ª Companhia de Comando e Operações Especiais que também pertence ao 4º Batalhão de Polícia de Choque.  (Vídeo Polícia Militar)

 

 

 

Deixe um comentário