Polícia Ambiental apreende pássaros na casa de “Bin Laden” mantidos em cativeiro em São Sebastião

Depois da apreensão de cerca de 33 pássaros, eles foram soltos na natureza pela equipe do Policiamento Ambiental.

Uma equipe do Policiamento Ambiental da 3ª Companhia de Polícia Militar Ambiental Terrestre, estiveram atendendo uma denúncia de pássaros em cativeiro na tarde desta sexta-feira (30/08), no bairro Topolândia região Norte de São Sebastião.

Segundo informou a polícia, o denunciante contou que o homem era conhecido como “Bin Laden”, estava em sua residência com mais uma acusado quando foi preso. Na casa foram localizadas diversas gaiolas com cerca de 33 pássaros silvestre sem as devidas autorizações, sendo que o acusado empreendeu fuga ao avistar os policiais.

Fotos: Policia Ambiental

Num bar próximo da residência, foi localizado mais três gaiolas com pássaros silvestres e o comerciante chegou a entrar em luta corporal com os policiais e começou a quebrar as gaiolas para soltar os pássaros e fugir do flagrante. Ele foi contido em seguida algemado e levado para delegacia por resistência e desacato.

Os acusados foram autuados na esfera administrativa sendo autuado com base no art 25 parágrafo  3 inciso III “por ter em cativeiro aves silvestres”  c/c art 26 parágrafo 2 inciso I “por reintroduzir aves silvestres sem os devidos pareceres técnicos” e o art 76 “por dificultar a fiscalização  do agente ambiental”, em desfavor ao comerciante, com aplicação de multa simples no valor  de R$ 4.100,00 reais, os outros dois indivíduos também foram autuados com base no art 25 parágrafo 3, inciso III com aplicação de multa simples no valor de R$ 11.000,00 reais.

17 aves foram destinadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres do IBAMA no município de Lorena e 16 aves por estarem com sinais de captura recente, foram soltas em seu habitat.

Deixe uma resposta