Policiamento Ambiental apreende drogas e armas e um homem em Caraguatatuba

Equipes da Polícia Militar Ambiental durante patrulhamento na manhã desta quarta-feira (04) na região Norte de Caraguatatuba, receberam uma denúncia de caça de animal silvestre no bairro Capricórnio e foram até local para apurar a informação.

De acordo com a polícia, durante a realização de trilha no interior da mata encontraram trepeiros e ceva indicando que o local era utilizado para caça, próximo deste local tinha uma residência e com a autorização da moradora, os policiais fiscalizaram o interior do imóvel e localizou um saco contendo vários tijolos de uma substância parecida com maconha e uma arma de fogo, em vistoria em uma mata próxima à residência foi localizada ainda uma espingarda.

Fotos: Polícia Militar Ambiental

A dona da casa contou para os policiais, que as drogas e as armas eram de seu namorado e que desconhecia a existência, informou que a mãe do homem poderia informar onde localizá-lo.

Devido à distância e o difícil acesso, foi preciso o uso de um barco por outra equipe. Na residência a mãe do rapaz, após contato telefônico com o acusado ela convenceu a se entregar. O acusado assumiu a responsabilidade da droga encontrada em sua residência, porém, informou não praticar caça de animais silvestres.

Segundo ainda informou a polícia, foram apreendidas duas armas, 2.305 kg de (Dry Sift) uma erva usada para produzir a maconha além de 871 gramas de haxixe.

O homem foi preso é levado para a delegacia de Caraguatatuba, ficado à disposição da justiça.

O que é “dry silf”

“O dry sift é conhecido como kief, é produzida a partir de tricomas retiradas de folhas e flores de plantas ‘Cannabis Sativa’. A qual também é utilizada para produzir uma forma de haxixe ou para consumo em forma de pó. Há uma quantidade elevada de THC (substância entorpecente da maconha), além do que é encontrado na planta.”

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (12) 3886-2200.

 

 

Deixe um comentário