Prefeito Felipe Augusto continua monitorando números referentes à Covid-19 e síndrome gripal

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, manteve neste sábado (8/1), o acompanhamento dos números divulgados pela Secretaria de Saúde (SESAU) sobre o aumento do total de pessoas atendidas com sintomas gripais nas unidades hospitalares e de testagens positivas para a Covid-19, observado nos últimos dias.

De acordo com o último boletim divulgado pela SESAU, nas últimas 24 horas o número de atendimentos relacionados a sintomas respiratórios foi de 508, sendo 231 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Centro, e 277 no Hospital de Clínicas de São Sebastião – Costa Sul (HCSS-CS), em Boiçucanga.

Números elevados, acima dos registrados no dia anterior (7), de 481, sendo 215 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central e 266 no Hospital de Clínicas de São Sebastião – Costa Sul (HCSS-CS), em Boiçucanga.

A média acima dos 500 casos se mantém. No dia anterior (6), aconteceram 589 atendimentos relacionados à síndrome gripal, sendo 324 na UPA Central e 265 no Hospital de Boiçucanga. Segundo projeção da coordenação médica, em janeiro poderá ocorrer um recorde de atendimentos nas unidades hospitalares, chegando a 30 mil, cerca de cinco vezes mais do que o normal.

De acordo com a SESAU, de 20 de novembro até 8 de janeiro, as unidades hospitalares da cidade realizaram em torno de 8 mil atendimentos, sendo 5 mil com síndrome gripal.

Há 3 pacientes internados com síndrome respiratória em unidades hospitalares de São Sebastião, sem internação na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Respiratória, com ocupação de 0% dos leitos de UTI; há 4 pacientes internados em unidades hospitalares de outros municípios.

A SESAU também vem chamando a atenção da população em relação ao aumento das testagens positivas para Covid-19.

De acordo com os últimos Boletins Epidemiológicos, na sexta-feira (7) foram registrados 62 novos casos de Covid-19. Na quinta-feira (6) foram registrados 79 novos casos de Covid-19, mais do que o dobro do dia anterior (5), quando 36 pessoas positivaram para a doença. Em 2022, já foram 242 novos casos (até a sexta-feira) de Covid-19 confirmados, contra 195 casos registrados durante todo o mês de dezembro de 2021.

Na terça-feira (4), o município divulgou o registro de mais dois óbitos por Covid-19, chegando ao total de 173 vítimas. Também na terça-feira, a cidade registrou seu primeiro óbito por Influenza A (H3N2), referente a um homem, de 57 anos, profissional da Saúde e morador da costa sul. Foi o primeiro caso notificado pelo município, visto que não é uma doença de notificação compulsória e o exame somente é realizado em pacientes internados com síndrome respiratória aguda grave.

 Decreto

Em função dos números elevados, a Prefeitura publicou, na quinta-feira (6), decreto estabelecendo o modelo de trabalho home Office a todos os funcionários de departamentos municipais, exceto aqueles que prestam serviços essenciais, até 31 de janeiro. Também suspendeu os shows do Festival de Verão 2022 como forma de prevenção e redução de riscos de transmissão de coronavírus.

Na quarta-feira (5), a administração do Hospital de Clínicas de São Sebastião (HCSS) informou que adotou novos procedimentos em relação a acompanhantes e visitas de pacientes internados. As cirurgias eletivas realizadas na unidade hospitalar também estão suspensas.

 Orientações

A equipe de Saúde solicita aos moradores que continuem seguindo os protocolos sanitários adotados no combate à pandemia de Covid-19, como uso de máscaras e álcool em gel e respeito ao distanciamento social, que também auxiliam na prevenção à gripe.

Pede, também, que caso apresente sintomas como coriza, febre, dor no corpo, dor de garganta, mal-estar e fortes dores de cabeça, entre outros, por três dias consecutivos e/ou diante de agravo dos mesmos, procure as unidades de pronto atendimento. Para evitar a superlotação do local, evite levar acompanhantes.

Deixe um comentário