Prefeitura de Caraguatatuba envia ao Estado relatório de buracos e pede recapeamento da Rodovia SP-55

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, enviou um ofício ao governo do Estado de São Paulo e ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), pedindo, mais uma vez, o recapeamento da Rodovia SP-55 que corta o município.

Fotos: Claudio Gomes/PMC

Devido as recentes chuvas, a situação da rodovia piorou, e diversos novos buracos apareceram nesta semana. Anexado ao documento, foi enviado um relatório com fotos e vídeos, apontando os locais avariados.

O documento pede, além do recapeamento, melhorias nas sinalizações das rotatórias, das entradas e saídas e melhorias gerais, para proporcionar aos motoristas e motociclistas um tráfego bom e seguro.

De acordo com o prefeito de Caraguatatuba, a situação da Rodovia pode causar acidentes e sérios danos aos veículos dos que trafegam pelo trecho na cidade.

“Temos que prezar pela segurança das pessoas. As chuvas desta semana acabaram piorando o trecho da SP-55 na nossa cidade. Os buracos podem causar sérios danos aos motoristas, chegando até, em alguns casos, causar acidentes”, disse o prefeito.

“Desde 2017, estou na busca de melhorias para essa rodovia que é a porta de entrada do Litoral Norte e com este relatório, das últimas chuvas, tenho certeza que seremos atendido”, complementa.

Na última segunda-feira (18), seis motoristas tiveram seus carros quebrados quando transitavam na SP-55 no bairro Olaria no trecho de Caraguatatuba.

Na frente do Campus da Faculdade Cruzeiro do Sul o motorista é obrigado a reduzir a velocidade devido a vários buracos na pista, inclusive um grande que já causou prejuízos para os motoristas. O trecho é de reponsabilidade do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) do Governo de São Paulo.

De acordo com os motoristas, os buracos estão com laminas de água da chuva, o que impede o motorista de saber a profundidade dele. Eles também contam que não há nenhuma sinalização no local sobre o problema. Há também muitas britas na pista com risco ao Motociclistas. Os prejuízos vão desde um pneu furado até uma roda quebrada segundo as vítimas.

Os motoristas  que tiveram prejuízos nesta segunda-feira, alertam para que outros não sejam vítimas e até mesmo  um caso mais grave,  como um acidente.  O DER foi procurado, porém não retornou para nossa redação.

 

Deixe um comentário