Sargento é operado e equipe médica consegue retirar a bala que estava alojada próxima do coração

A cirurgia aconteceu na tarde deste domingo no Hospital Regional de São José dos Campos e durou cerca de 4 horas

O correu tudo bem a cirurgia para a retirada da bala calibre 38, que perfurou o pulmão e se alojou próximo do coração do Sargento da Policia Ambiental que foi atingido durante uma troca de tiros com três marginais na noite da última sexta-feira (30), que tentaram assaltar a residência do PM no Travessão.

Segundo um amigo do Sargento, ele entrou no centro cirúrgico por volta 12h, e ficou por quase 4 horas. Foi realizado uma correção do esôfago e o projetil foi retirado com sucesso. A equipe médica agora vai aguardar  as próximas 78 horas para saber como que o paciente responde. Porém segundo informações, a equipe contou que o paciente está bem e não terá sequelas.

Crime

A troca de tiros aconteceu no final da noite da última sexta-feira (30), no bairro do Travessão em Caraguatatuba, três criminosos entraram na casa do PM e logo em seguida houve uma troca de tiros. Um dos criminosos foi atingido e morreu no local. Os outros dois fugiram em seguida.

Na noite deste sábado (31), um outro acusado foi preso no bairro do Perequê-Mirim, após uma denúncia que uma mulher estava cuidando e um homem que foi baleado. O acusado confessou a participação na troca de tiros com o Sargento. Ele foi levado para hospital por ter três perfuração no corpo e logo depois foi apresentado na delegacia. A Polícia Militar ainda realiza patrulhamento afim de prender o terceiro criminosos que está foragido.

Deixe uma resposta