Secretaria de Educação realiza homenagem aos 213 anos de Ilhabela

“Ilhabela cidade educadora” é o tema do desfile

Ações, projetos, melhorias, readequações, reformas, entrega de kits de uniforme e material escolar destacam Ilhabela como um município que se preocupa e investe no ensino. Por isso, a Secretaria Municipal de Educação traz como tema “Ilhabela cidade Educadora”, no desfile cívico-militar-estudantil que acontece nesta segunda-feira dia 3 de setembro, a partir das 9h, na Rua Dr. Carvalho, na Vila.

A homenagem visa contribuir para a formação cidadã dos alunos, desde o acolhimento nos primeiros anos escolares até a preparação para a fase adulta, nos anos finais de ensino. “Entendendo que a cidade dispõe de um extenso leque de iniciativas educadoras de origem, intenção e responsabilidades diversas, a Secretaria de Educação traz esses conceitos para serem iniciados e trabalhados nas escolas e suas comunidades com objetivos pedagógicos estabelecidos em forma de construção coletiva pela comunidade escolar, visando ações que integrem o Projeto Político Pedagógico da escola e sua comunidade”, explicou a secretária de Educação, Yeda Lopes.

A Administração tem como meta uma educação universalizada e de qualidade. “A Educação é sempre prioridade em nossa gestão. Todos sabem da minha origem, da minha alfabetização tardia e da minha luta, para que todos os nossos alunos tenham uniformes, material escolar, refeições balanceadas e saudáveis, tudo com muita qualidade. Além disso, precisamos cuidar para que todos os envolvidos na rede municipal de ensino sejam incentivados, qualificados, e que como nós, valorizem o aprendizado dessas crianças, sob a nossa responsabilidade, e que dependem de uma gestão competente para que no futuro realizem todos os seus sonhos, porque esses sonhos começam com o nosso incentivo, com as nossas ações”, declarou o prefeito Márcio Tenório.

A pasta percebeu a escola participativa dentro de uma cidade educadora como uma instituição que exerça a função educadora de forma coletiva, e que consiga “baixar os muros da escola” promovendo o desenvolvimento de toda sua comunidade, a começar pelas crianças e pelos jovens. “Temos como meta, uma escola cada vez mais participativa, oferecendo todo o seu potencial de forma generosa, deixando-se envolver por toda sua comunidade e ensinando-a a envolver-se de forma colaborativa”, finalizou Yeda.

O desfile ainda traz os temas: “Brincar é coisa séria”; “Comunidade em Ação: Se não puder fazer tudo, faça tudo o que puder”; Ser responsável: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”; “Eu Sou Porque Você É: Eu só existo porque nós existimos”; “Um olhar diferente: Mais importante que a cor dos olhos, é a intensidade do olhar”; “Arte por toda parte: A Escola sem arte é sorriso sem alma”; “Cantos e encantos: Conto, canto e me encanto com a nossa história” e “A inclusão é o privilégio de conviver com as diferença”.

Deixe uma resposta