Setor de Oncologia do HRLN inicia atividades e prefeito Aguilar Junior prestigia conquista

O prefeito Aguilar Junior acompanhou na manhã desta quarta-feira (1) o início do funcionamento do Setor de Oncologia do Hospital Regional do Litoral Norte (HRLN). No local, serão ofertados os tratamentos de quimioterapia e radioterapia.

O funcionamento do Setor é resultado de inúmeras cobranças feitas pelo prefeito ao governo estadual e iniciadas há quatro anos. O local irá proporcionar aos pacientes da oncologia do município mais conforto e comodidade durante seus tratamentos.

Durante a visita, Aguilar Junior ressaltou que o dia de hoje é um marco para Caraguatatuba. Ele frisou a importância pelas pessoas que precisam se deslocar para outros municípios. “Hoje, elas têm à disposição uma estrutura fantástica e de primeiro mundo que vai dar melhores condições durante o tratamento e sem precisar sair da cidade”.

A Oncologia receberá 16 pacientes por dia e irá atender, além de Caraguatatuba, pacientes de outros municípios como São Sebastião, Ilhabela e Ubatuba. É o caso de seu Gerson Ferreira de Cruz, 71 anos, que há cinco anos tinha uma rotina de sair do litoral para fazer o tratamento em Taubaté ou São José dos Campos.

O morador do Canto do Mar, em São Sebastião, contou que desde sua chegada à unidade foi “tratado com muito respeito e cuidado”. “O lugar é muito bonito e estou muito feliz em não ter que pegar estrada todos os dias para fazer meu tratamento”, afirmou.

Seu Gerson disse que não esperava outra coisa a não ser um serviço de qualidade e mais humano. “Caraguatatuba sempre apresenta coisas boas pra gente e não seria diferente dessa vez”, reforçou.

Outro paciente satisfeito com a abertura do Setor de Oncologia foi Reginaldo Ferreira Fonseca, de 68 anos. Acompanhado da filha, o morador do bairro Porto Novo contou que aguardava ansioso o funcionamento. “Por diversas vezes eu precisei ir a Taubaté por não ter atendimento aqui”, relatou.

Fonseca disse que acompanhou todo o processo de solicitação de abertura do Setor de Oncologia feito pelo prefeito Aguilar Junior. “Ele cumpriu com a palavra. Ele disse que seria inaugurado em setembro e realmente isso aconteceu”.

Mesmo com o tratamento não sendo fácil, Fonseca afirmou que “com o serviço mais próximo de casa, o conforto é maior”.

Antes, Caraguatatuba tinha como referência o Hospital Francisco de Assis, em Jacareí. Os pacientes da Oncologia também eram encaminhados para municípios do Vale do Paraíba e Estado de São Paulo, como Taubaté, Campinas e a própria capital.

Deixe um comentário