Prefeitura deixa claro que aporte financeiro à Praiamar somente após auditoria nas planilhas

A Prefeitura de Caraguatatuba notificou, nesta quinta-feira (30/04) a empresa Praiamar, responsável pelo transporte coletivo no município, para que apresente documentos que comprovem a necessidade de repasse de subsídios.

A empresa solicitou aporte financeiro à Prefeitura em razão do momento de pandemia por conta do novo coronavírus (Covid-19). Alega que precisa custear suas despesas com a justificativa de redução do número de passageiros e dificuldades financeiras para honrar com os pagamentos dos funcionários.

O sindicato que representa a categoria ameaça paralisar as atividades a partir do próximo quinto dia útil caso a empresa não pague o salário dos motoristas. O adiantamento já deixou de ser feito no último dia 20.

A Prefeitura de Caraguatatuba quer que a Praiamar cumpra com as obrigações salariais da categoria e apresentem documentos que comprovem a real necessidade deste subsídio.

A empresa fez uma série de reivindicações alegando queda no número de passageiros, mas não apresentou documentos ou planilhas que comprovem os prejuízos.

Deixe um comentário