São Sebastião vai realizar testagem rápida e em massa nesta sexta-feira (05)

Os testes serão realizados nesta sexta-feira, em tenda montada ao lado da Caixa econômica federal, próximo à Secretaria de Saúde.

Atento aos números da Covid no Brasil, em um momento em que o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) defende a adoção imediata de lockdown nos Estados em que a ocupação dos leitos de covid-19 tenha alcançado mais de 85%, o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto anunciou a realização de testes rápidos em massa para detecção da Covid-19, a partir desta sexta-feira (5).

O prefeito informou, nesta terça-feira (2), a decisão da testagem em massa durante a sua live semanal em que atualiza e esclarece informações sobre a doença no município. Junto à secretária-adjunta de Saúde, Maria Angela Laurito de Moraes, o prefeito anunciou que a cidade já tem à disposição 22 mil testes.

A secretária-adjunta explicou que a testagem em massa será feita sob a coordenação de enfermeiros, das 9h às 16h30, desta sexta-feira (5), e que  irá contar com  o apoio de uma escola técnica e uma faculdade do município.

De acordo com Angela, o teste rápido será realizado por meio de pequeno furo no dedo do paciente, utiliza-se algumas gota de sangue no teste, que em contato com o reagente químico, apresenta  o resultado em 15 minutos.

Felipe Augusto explicou que embora São Sebastião viva, no momento, uma situação atípica em relação aos números da ocupação dos leitos de covid-19 do estado e do Brasil, com apenas uma pessoa intubada e seis internados, a realização é muito importante para conter a transmissão, uma vez que permite orientar o isolamento do paciente positivo para coronavírus.  “Nosso objetivo é preservar vidas. Faremos tudo o que for necessário diante desse desafio”. Destacou o prefeito.

Maria Angela explicou que a decisão pela realização dos testes rápidos se deu pelo fato de ser excelente alternativa para a triagem. São Sebastião já testou 31% de sua população. “Embora os testes rápidos não sejam recomendados como única forma de diagnóstico da doença, podemos considerá-los excelente alternativa para a triagem inicial e testagem em massa da população. Os resultados obtidos, via teste rápido, podem fornecer dados importantes para o entendimento e o rastreamento da infecção pelo novo coronavírus em toda a população de São Sebastião”. Disse a secretária-adjunta.

São Sebastião realizou aproximadamente 29 mil testes (31% da população); tem 5400 casos confirmados; 5 034 pacientes recuperados , 7 óbitos e 255 em quarentena domiciliar.

No Brasil, os números são trágicos. A média móvel de mortes pela covid-19 ficou 1.223 nesta segunda-feira (1º), e bateu recorde pelo terceiro dia consecutivo. O País superou a marca de 255 mil vítimas e chegou aos 10.589.608 casos confirmados da doença. Entre o total de casos diagnosticados, 1.830.423 pessoas estão recuperadas. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 74,3% na Grande São Paulo e 73,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 15.977, sendo 8.701 em enfermaria e 7.276 em unidades de terapia intensiva.

Deixe uma resposta