Prefeitura de Caraguatatuba já atendeu cerca de 400 trabalhadores autônomos com auxílio alimentar

A Prefeitura de Caraguatatuba iniciou nesta segunda-feira (13/4), em seis escolas municipais, o atendimento descentralizado do auxílio alimentar aos trabalhadores autônomos, prejudicados neste momento de pandemia do Covid-19.

O beneficio começou a ser entregue no dia 8 de abril e 381 profissionais já foram atendidos. A retirada é agendada após cadastro no Canal de Relacionamento 156 e por avaliação de profissionais da Prefeitura.

O auxílio está sendo entregue nos Centros Integrados de Desenvolvimento Educacional (Cide), dos bairros Tinga, Perequê-Mirim e Casa Branca, além das escolas Benedito Inácio Soares (Massaguaçu), Carlos Altero Ortega (Morro do Algodão) e Antonia Ribeiro da Silva (Jardim Califórnia), além do Fundo Social para determinadas categorias.

A Prefeitura reforça para que os profissionais não procurem os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e aguardem a resposta da equipe da Central de Relacionamento 156, com retorno do dia e o local para retirada.

Trabalhadores autônomos que necessitem do beneficio devem entrar em contato com a Central de Relacionamento pelo telefone 156, site 156.caraguatatuba.sp.gov.br ou também pelos aplicativos para celulares Android e IOS.

No ato do cadastro é necessário anexar documento pessoal; Título de Eleitor; comprovante de endereço; declaração de que é autônomo e de que, em razão das medidas decretadas para prevenção do contágio da COVID-19 (novo coronavírus), está impossibilitado de trabalhar e/ou sem renda ou que necessita receber a cesta básica para sua manutenção e/ou de sua família.

Só tem direito ao auxílio alimentar autônomos, como artesãos, ambulantes, microempreendedor individual, taxistas e motoristas de aplicativo, que não tenham uma segunda renda, que sobrevivam exclusivamente deste trabalho.

O atendimento seguirá durante a semana. A previsão é que mais 700 pessoas sejam beneficiadas.

Deixe um comentário